Perigos com o pisca-pisca na decoração de Natal

por Redação Bonde com assessoria de imprensa
   
iStock

Faltam poucas semanas para o Natal e a cidade já começa a se iluminar. Aos poucos, ruas, praças, casas e estabelecimentos comerciais se enfeitam de lâmpadas coloridas e arranjos luminosos, um ritual que traz alegria e acende de vez o espírito natalino. No entanto, é preciso ficar atento para os perigos que uma instalação mal feita dos itens elétricos pode trazer.

Para que sua decoração não fique apenas bonita, mas também segura, o engenheiro eletricista do Grupo Loja Elétrica, João Carlos Lima, dá algumas dicas:

- Na hora da compra, o consumidor deve verificar a procedência e a qualidade dos produtos. O ideal é optar pelos fabricantes que possuem um bom serviço de pós-vendas, isto é, que oferecem orientação em caso de dúvidas e que realizem a troca do produto quando é constatado defeito de fabricação; Verifique se o produto tem o selo do INMETRO, que atesta a qualidade e segurança de acordo com legislação brasileira.

- Se quiser aproveitar a decoração do ano anterior, é preciso verificar as condições em que o material se encontra. (verifique se há fios ressecados, desencapados ou rompidos)

- É importante tomar cuidado para não causar sobrecarga na rede elétrica. A grande quantidade de adornos luminosos de Natal funcionando ao mesmo tempo têm alto consumo de energia capaz de causar sobrecarga no circuito ocasionando o desligamento disjuntores do quadro de energia, entre outros transtornos.

- "Se a decoração for de grande porte, consulte um profissional da área”, aconselha Lima;

- Um dos erros mais frequentes é a instalação equivocada de "luzinhas” (ou "pisca-piscas”). A combinação de muitos tipos diferentes de produtos pode gerar confusão visual e, principalmente, um ambiente propício a curtos-circuitos;

- Quem deseja decorar a parte exterior da casa deve procurar os produtos indicados para isso. Essa informação ("uso externo”) geralmente está destacada na embalagem;

- Não instale enfeites natalinos próximos aos postes, fios ou medidores da concessionária e não faça ligações clandestinas para energizar a decoração externa em ruas, pois além de colocar a vida de quem faz e de quem está próximo em risco poderá provocar a queima de eletrodomésticos e curtos-circuitos ocasionando danos maiores, a instalação.

- Ao fazer emendas, utilize fitas adequadas. Nunca faça isolação com fita adesiva plástica, fita crepe, esparadrapo ou semelhantes. Em caso de dúvida, solicite ao vendedor da loja de material elétrico a melhor opção para emenda de uso interno ou externo;

- Não utilize adaptadores para ligar vários conjuntos decorativos em uma mesma tomada, pois pode ocorrer uma sobrecarga na rede, provocando superaquecimento e até curto circuito na instalação. Prefira usar filtros de linha de 3 a 6 tomadas que possuam fusível de proteção, opção de ligar e desligar todos os piscas diariamente e proteção contra surtos elétricos;

- Só ligue os equipamentos depois que toda a iluminação estiver montada. Se precisar mexer na fiação ou nas lâmpadas, desligue os equipamentos da tomada;

Para os que querem economizar na conta de luz, existem produtos com tecnologia em LED, que apresentam baixo consumo de energia, maior durabilidade e não aquecem. Outra opção interessante são os programadores de horário, que evitam o funcionamento das luzes natalinas em momentos desnecessários.

Conteúdo relacionado: