Varandas: sonho de consumo de quem adora receber os amigos

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Os novos empreendimentos, sobretudo, passaram a valorizar ainda mais a varanda, garantindo uma metragem generosa para o cômodo, que virou o lugar preferido da família, especialmente quando se deseja reunir os amigos. A tendência trouxe novas funções para a varanda, que agora faz às vezes de sala de estar, sala de jantar, área gourmet e até mesmo salão de jogos. As arquitetas Ieda e Carina Korman, da Korman Arquitetos, revelaram dicas imperdíveis para acertar na composição do espaço.

Divulgação

Fechamento necessário

Divulgação

Se a ideia é proteger o local da chuva e de ventos fortes, investir no fechamento de vidro se torna inevitável. É a solução perfeita para quem deseja ampliar o espaço interno do apartamento e criar um ambiente protegido inclusive de ruídos. "Com essa saída, garantimos que os móveis e objetos não sejam danificados com a chuva”, explica Ieda. Mas antes de qualquer medida, deve-se verificar na convenção do condomínio qual é o padrão de fechamento estabelecido.

Churrasqueira gourmet

Ter uma churrasqueira na área externa depende em primeiro lugar da estrutura do empreendimento, já que é preciso ter a saída de fumaça e hidráulica previamente preparada. A disposição da churrasqueira costuma determinar o layout de todo o ambiente, já que ela não pode ser mudada de lugar. "O espaço costuma ser utilizado para reunir os amigos e a família, por isso, pede uma mesa de jantar e cadeiras confortáveis. Para os revestimentos, o ideal é escolher modelos fáceis de limpar e que não deixar que a gordura impregne, a exemplo do porcelanato”, afirma Carina Korman.

Paisagismo adequado

Divulgação

O paisagismo também pode compor o ambiente. Para varandas menores, o jardim vertical é uma boa pedida, assim como para quem tem espaço, vale a pena investir em vasos grandes e plantas no chão. "O importante é verificar em que posição as plantas vão ficar, já que o cultivo de determinadas espécies dependem de incidência de luz natural e vento, por exemplo. Só avaliando as condições do ambiente para escolher as melhores plantinhas para o ambiente”, explica Ieda.

Divulgação

Móveis preservados

Divulgação

Apesar de coberto e fechado com os vidros, os móveis do ambiente acabam expostos à incidência do sol. "Por isso, indicamos peças com boa durabilidade, como os de fibras sintéticas e a madeira. Quando o assunto são os estofados, prefira sempre modelos impermeáveis e que não danifiquem em contato com o sol”, finaliza Carina.

Conteúdo relacionado: