Aniversário em tempos de quarentena: saiba o que fazer

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Desde meados do mês de março, os arianos (pessoas nascidas a partir do dia 21 do mês) têm sentido uma mudança brusca na maneira de comemorar mais um ano de vida. Aqueles que não abrem mão de uma festa passaram a usar a internet como sua aliada na hora de brindar, mesmo que por alguns minutos e à distância, com os seus amigos e familiares.

Reprodução/Pixabay

Mas a grande questão deste momento de isolamento social está em lidar com os pequenos. "As crianças, em geral, não entendem o que está acontecendo e ficar sem uma festa divertida com os seus amigos pode ser uma grande decepção. A mesma decepção também pode ser sentida pelos pais, já que as festas costumam ser negociadas com meses de antecedência criando expectativas entre todos (adultos e crianças)”, afirma Larissa Coelho, gerente de eventos do Lugar 166.

Quando a filha da dona de casa Amanda Marinho, Sofia, estava prestes a completar seu quinto aniversário, começaram a surgir os planos para a festa.

"Ela finalmente chegou naquela idade em que escolhe o tema da festa, fazendo pedidos e concessões. E a festa da Moana estava sendo planejada há meses, mas a chegada do vírus acabou mudando nossos planos e adiando a festa. Ela ficou chateada, demorou a entender, mas fizemos questão de explicar de diferentes maneiras” relata a mãe.

Neste momento, em que todas as festas e eventos precisaram ser adiados, a gerente de eventos o Lugar 166 brinca: "cancelar a comemoração pode fazer com que você se arrependa, já que estava tudo planejado. Por isso, pense com calma nos próximos passos e, se possível, remarque para uma data próxima. Assim, poderá comemorar duplamente: o fim da quarentena e o aniversário do pequeno abraçando a todos, ainda mais forte”.

Quem já começou a planejar a festa do filho deve continuar. "Quando uma crise acontece, é inevitável ter que mudar os planos. No entanto, você pode escolher a melhor maneira de lidar com a situação e fazer com que ela se torne uma nova oportunidade. Não importa se era uma festa grande ou algo mais íntimo, mas o momento atual está nos mostrando a importância de celebrar a vida, o tempo todo”, afirma Coelho.

Amanda Neves Martins Marinho (25) também precisou abrir mão da festa da sua filha, a Sofia, de 5 anos. "A festa estava paga e a Sofia ansiosa, mas agora teremos que esperar. No dia do aniversário dela, preparei uma festa simples só com o avô e o pai da Sofia. Uma tia também mandou via aplicativo um bolo que ela gosta com uma carta de felicidades e isso foi o suficiente para transformar o dia dela, porém pretendemos realizar uma festa maior e com convidados depois da quarentena", desabafa a mãe.

Independente de qualquer situação, é possível encontrar maneiras de deixar o dia do aniversário mais alegre e marcante até que a festa oficial aconteça.

"Realizar uma videoconferência com a família enquanto a criança assopra as velinhas, uma noite de pipocas com filmes de que ela goste, ou até mesmo um dia em que a criança escolhe o que quer fazer e comer podem ser boas opções de deixar o momento registrado no coração do seu filho. Uma dica para os papais é que sejam pacientes com o momento, afinal, o melhor da vida é comemorar com quem amamos. Então se for preciso adie, mas comemore!”, finaliza Larissa.

Conteúdo relacionado: