Atividades virtuais marcam Dia Internacional do Brincar

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Para marcar o Dia Internacional do Brincar, celebrado nesta quinta-feira (28), a Frente Parlamentar da Primeira Infância, juntamente com as deputadas federais Leandre e Luísa Canziani, realizam uma série de atividades virtuais para estimular essa prática tão importante para as crianças.

Reprodução/Pixabay

O objetivo do evento é sensibilizar e mobilizar pais, profissionais, gestores públicos e legisladores sobre a importância do brincar. As atividades foram desenvolvidas com o objetivo de auxiliar os adultos sobre como, quando e onde poderão oferecer tempo e espaço adequados e suficientes para as crianças brincarem.

Para isso, serão realizadas uma série de eventos virtuais, que serão transmitidos via canal do YouTube da Frente Parlamentar da Primeira Infância. As atividades terão início às 10 horas com uma palestra para educadores e demais agentes envolvidos com crianças. O objetivo é incentivar e justificar a importância do brincar. Também será discutida a educação infantil em tempos de isolamento social.

A partir das 14 horas terão início os workshops sobre brincadeiras que podem ser feitas em casa entre adultos e criança: como a aplicação da ciência e da aprendizagem criativa, além de oficinas que mostrarão formas do adulto brincar com as crianças de maneira divertida e educativa.

Às 19 horas, teremos uma mesa redonda, estilo webinar, com as deputadas Leandre, presidente da Frente Parlamentar da Primeira Infância; e Luísa Canziani, além da equipe da International Play Association Brasil, cujo tema será "O papel do legislativo para promover, proteger e preservar o direito de brincar das crianças e adolescentes”. O evento é uma parceria da Frente Parlamentar da Primeira Infância, deputadas Leandre e Luísa Canziani, Tempojunto, IPA Brasil e Nós somos a ciência.

DIREITO DE BRINCAR

O Dia Internacional do Brincar é celebrado em mais de 40 países. Este dia foi criado com o objetivo de relembrar que brincar é um direito estabelecido no artigo 31 da Convenção sobre os Direitos da Criança das Nações Unidas. Além disso, brincar tem papel fundamental no desenvolvimento das crianças.

Atividades lúdicas favorecem o desenvolvimento da criatividade, da comunicação, do humor, estabelecem relacionamentos e permitem a descoberta do significado na vida de cada um, aumentando a capacidade da criança de atuar em grupo. Ajudam a lidar com desafios e frustrações, alicerces importantes da auto-estima. Também é essencial para o desenvolvimento da linguagem.

Estes fatores favorecerão o surgimento de indivíduos mais resilientes e equilibrados, com mais chances de sucesso, tanto no aprendizado, quanto na sua vida pessoal ou profissional futura, requisitos básicos para a felicidade. Estudos em diferentes contextos apontam que as pessoas mais bem sucedidas e talentosas são aquelas que brincaram suficientemente na infância, destacando que elas não separam a brincadeira do trabalho.

Programação:

10 horas: Palestra para educadores e agentes envolvidos com crianças sobre a importância do brincar.

14 às 14h30: ciência.

14h30 às 15 horas: workshop de brincadeiras (IPA).

15 horas às 15h30: Aprendizagem Criativa (Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa).

15h30 às 16 horas: TempoJunto.

19h00: Webinar "O papel do legislativo para promover, proteger e preservar o direito de brincar de crianças e adolescentes”.

Conteúdo relacionado: