Confira 20 dicas para emagrecer rápido e com saúde

por Redação Bonde
   

Para emagrecer com saúde, é necessário gastar mais calorias do que consumir. Entretanto, esses gastos e consumos devem ser regrados e prezar pela saúde física e psicológica da pessoa. Para isso, é importante que dietas adequadas sejam adotadas, uma vez que modelos restritivos podem funcionar no começo, mas tendem a gerar compulsão alimentar posteriormente.

iStock

Para que você possa emagrecer de maneira rápida e saudável, de acordo com o site Minha Vida, é necessário tomar algumas medidas, como regular a alimentação e iniciar ou intensificar a prática de exercícios físicos. Entretanto, existem algumas dicas que podem acelerar o processo de emagrecimento para aqueles que têm pressa. Confira abaixo as sugestões listadas pelo Minha Vida para emagrecer mais rapidamente e com saúde:

Alimentos que queimam gordura - Existem alguns alimentos que são aliados daqueles que querem emagrecer. Isso porque eles estimulam a queima de gordura. Por isso, prefira consumir farinha de amora, chá de lichia e chá de hibisco, por exemplo. Uma fruta muito comum também ajuda na perda de peso: a banana, uma vez que contribui para a saúde intestinal e para a sensação de saciedade.

Alimentos que desincham - É possível que parte do seu peso - ou da aparência dele - venha do inchaço. Por isso, para poder contar com resultados visuais mais rápidos, busque consumir alimentos que possuem ômega 3, como peixes, linhaça e castanhas. Entretanto, é importante que esses itens sejam consumidos com moderação, especialmente as castanhas, já que possuem gorduras que, quando consumidas em excesso, podem ir na contramão do emagrecimento.

Alimentos que aumentam a saciedade - Alimentos com muitas fibras promovem a sensação de saciedade. Isso é importante porque, com a sensação de estar cheio, a pessoa vai demorar mais tempo para sentir fome, além de não sentir a necessidade de comer compulsivamente. Alguns alimentos ricos em aveia são: frutas, aveia, chia e grão de bico.

Alimentos que aceleram o metabolismo - Conhecidos como alimentos termogênicos, esses itens conseguem acelerar o metabolismo, o que promove maior queima de gorduras em menos tempo. Alguns dos principais alimentos termogênicos são: café, gengibre, canela e pimentas.

Lanchinhos - Para quem quer emagrecer, recomenda-se fazer três refeições principais durante o dia: café da manhã, almoço e jantar. Entretanto, para não ter fome e, com isso, acessos de compulsão, é importante comer dois ou três lanchinhos durante o dia nos intervalos entre as refeições principais. Não exagere nas gorduras e prefira consumir os alimentos citados acima de uma forma criativa. A ingestão desses lanches ao longo do dia é importante porque mantém o metabolismo em funcionamento, o que contribui para a sensação de saciedade por mais tempo.

Pratos equilibrados e variados - Para adotar uma alimentação saudável, é necessário comer de tudo, já que todos os nutrientes são importantes para o organismo humano. Por isso, é importante comer frutas, verduras, cereais, leguminosas, diversos tipos de carnes e leite e derivados. Lembre-se que todos os alimentos da pirâmide alimentar são importantes para a saúde.

Não faça dietas restritivas - Como apontado acima, dietas restritivas podem até funcionar no começo, mas tendem a gerar compulsão alimentar com o decorrer do tempo. De acordo com especialistas, uma pessoa acima de peso deve perder de meio a um quilo por semana para o emagrecimento ser considerado saudável. Dietas como a da sopa, a low carb e o jejum intermitente são atitudes consideradas restritivas.

Chás - Existem muitos chás que ajudam a emagrecer porque estimulam a queima de calorias dentro do organismo. Aposte no chá de canela, no chá verde e no chá preto para ter resultados melhores e mais rápidos.

Exercícios - A alimentação é sim uma parte muito importante no processo de emagrecimento, mas é importante sempre lembrar dos exercícios físicos. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), uma pessoa deve praticar, pelo menos, 150 minutos de exercício por semana para ser considerada ativa. Para perder peso, aposte em exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida e bicicleta.

Músculos - Caso seu objetivo seja perder peso e ganhar músculos, aulas de pilates e de musculação vão ser necessárias. Além de auxiliar na perda de massa gorda e no aumento da massa magra, essas atividades contribuem - e muito - para o gasto de calorias.

Dietas da moda - É importante ter cuidados com as chamadas dietas da moda. Isso porque elas prometem o emagrecimento rápido, mas têm um custo. Como levam à perda de músculos, fica difícil manter o peso caso queira abandoná-la depois.

Sal e açúcar - O consumo de sal e de açúcar deve ser diminuído não só pela questão do emagrecimento, mas também pela saúde. Quando o sal é consumido em excesso, existe o risco do organismo armazenar muito sódio, o que pode contribuir para o aparecimento de doenças como hipertensão. No caso do açúcar, os riscos para a saúde são muitos, pois o consumo exagerado pode causar doenças graves, como o diabetes. Além disso, o açúcar tende a se transformar em acúmulo de gordura, que geralmente acaba localizada na região da barriga.

Perceba quando algo está errado - Existem casos em que o emagrecimento rápido prejudicam a saúde. Para perceber os males, é importante ficar atento aos seguintes sinais: fraqueza, indisposição, unhas fracas e quebradiças, tontura e outros.

Gorduras trans - As gorduras trans já são conhecidas, especialmente pela cobertura midiática que receberam há algum tempo. Por isso, não é novidade que, seja pelo emagrecimento ou pela saúde, você deve ficar longe das gorduras trans.

Gordura saturada - Para a perda de peso, é importante reduzir o consumo de gorduras saturadas. Para isso, consuma com moderação alimentos como carne vermelha, queijos e manteiga.

Calorias - Há quem diga que prestar atenção na quantidade de calorias dos alimentos é uma loucura. Mas não é. Para quem quer emagrecer, ficar de olho nos rótulos é uma boa maneira de evitar o consumo de alimentos calóricos e ricos em gordura.

Água - Além da alimentação correta e da prática e exercícios físicos, é importante nunca se esquecer de ingerir a quantidade indicada de água. Especialistas apontam que, para uma dieta surtir efeito e para você emagrecer com saúde, é necessário beber, pelo menos, dois litros de água por dia.

Cerveja - Paixão dos brasileiros, a cerveja é inimiga do emagrecimento, já que o álcool encontrado nela é metabolizado pelo fígado com prioridade, o que faz com que outras substâncias sejam deixadas para depois. Isso, posteriormente, contribui para o acúmulo de gordura.

Peso ideal - Antes de começar uma dieta, é importante saber qual é seu peso ideal para ter uma meta de quantos quilos devem ser eliminados ao longo do processo. Para isso, um cálculo simples que pode ser utilizado é o do IMC (Índice de Massa Corporal). Para isso, siga a fórmula: divida seu peso pelo valor da sua altura ao quadrado. Com o resultado, consulte uma tabela para saber em qual estágio seu peso está e qual será sua meta.

Divulgação/Ministério da Saúde

Calorias - Para perder peso, é importante que você gaste mais calorias do que consume. Entretanto, fique atento: a OMS aponta que ingerir menos de 1.200 calorias por dia pode causar problemas de saúde, como desmaios, fraqueza e tonturas. Existe ainda a possibilidade de sofrer com o efeito sanfona - emagrecer e engordar com regularidade.

*Com informações do site Minha Vida

Conteúdo relacionado: