Outono é a estação ideal para desintoxicar a pele

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

No dia 20 de março aconteceu a transição do verão para o outono e, com isso, é evidente que a pele do corpo e, principalmente, a do rosto passe por mudanças.

Reprodução/Pixabay

Apesar do clima mais ameno trazer o ressecamento da pele, as circunstâncias das datas festivas anteriores aliadas ao clima quente fazem com que esse período de transição sofra com os resquícios da oleosidade. Sendo assim, este é o momento ideal para desintoxicar a pele e prepará-la para uma época mais seca - o inverno.

De acordo com Daniele Bernardi, fisioterapeuta demartofuncional da clínica Siluets, de dezembro a fevereiro as pessoas usam muito mais protetor solar por conta de frequentarem mais praia e piscina. Além disso, as festas de final de ano e o Carnaval trazem consigo um investimento muito maior em brilhos - leia-se glitter e purpurina.

"Por conta desses fatores, a pele não respira como deveria e fica muito mais oleosa e até mesmo acneica. Aí vemos uma sequência de erros acontecendo e, dentre eles, o principal é o descuido com a limpeza da pele do rosto”, comenta Bernardi. A especialista ainda afirma que, independente da época do ano, a rotina de limpeza adequada, seja com uso de sabonete, tônico, ou água micelar é fundamental. 

No entanto, como não adianta apenas lamentar o que já foi, o outono está aí e, segundo Bernardi, essa pode ser a época ideal para fazer um detox e corrigir os deslizes do verão. "Após essa quantidade de abuso de sol e excesso de maquiagem, é importante que seja feito um detox da pele. Além de incorporar na rotina com alguns passos importantes também é essencial preparar a pele para a chegada das temperaturas do inverno”, explica a especialista.

Veja a seguir os cinco passos do detox que são perfeitos para a pele e que vão deixá-la perfeita para os melhores tratamentos, que garantem o resultado de uma pele viçosa e renovada. 

Detox na pele em cinco passos

1 - Sempre use protetor solar. Esse é um cuidado diário de beleza que deve ser feito no início do dia. É importante não esquecer de reaplicar no período seguinte para garantir a eficácia do produto.

2 - Insira na sua rotina e higienização da pele facial. Para isso, lave o rosto com um sabonete específico para esse fim. Uma boa opção, com ótimo custo-benefício, são os shampoos de criança, já que possuem pH mais neutro. Jamais use no rosto o mesmo sabonete em barra que é utilizado para a higienização do corpo. A pele facial é muito mais sensível.

3 - Não adianta ter o hábito de limpar a pele, mas esquecer de lavar os pincéis e esponjas de maquiagem. Nesses utensílios há um acúmulo de sujeira dos próprios produtos e isso pode acarretar no aumento da oleosidade da pele e até em reações alérgicas graves.

4 - Assim como seu dia deve ser iniciado com a proteção, ele deve ser finalizado com a hidratação. Após a limpeza, mesmo que sua pele seja oleosa, ela precisa de hidratação. Consulte um especialista para entender quais produtos são ideais para o seu rosto.

5 - Crie o hábito de fazer uma limpeza de pele na frequência necessária para a sua pele facial. Como citado acima, esse é o momento ideal para a desintoxicação, então é preciso ter cuidado. Depois disso, atente-se para descobrir a frequência ideal que esse procedimento deve ser realizado na sua rotina. Algumas pessoas necessitam de uma limpeza de pele mensal, enquanto que outras demandam o procedimento apenas duas ou três vezes por ano.

Depois do detox, a vez dos tratamentos!

Feito o detox na pele, ela está preparada para receber alguns tratamentos que podem trazer resultados até imediatos. Segundo Daniele Bernardi, o outono é considerado uma estação de transição e, por isso, é ideal para o início de alguns procedimentos que também já preparam a pele para a época mais fria do ano - o inverno. Confira abaixo quatro indicações da especialista para bons resultados:

Fototerapia - Luz pulsada

Após a limpeza de pele, a luz pulsada é o tratamento mais indicado para se fazer para quem está em busca de rejuvenescimento. Essa técnica controla oleosidade e a aparência dos poros dilatados, estimula a produção de colágeno e dá um aspecto mais jovem e saudável à área tratada.

O procedimento reduz linhas e rugas finas, além de fazer uma renovação celular e melhorar o aspecto da pele. Em alguns casos, de uma a duas sessões já se vê melhora do viço e turgor. O procedimento serve para todo o tipo de pele e, após o tratamento, é importante ter cuidado com a proteção do rosto: usar chapéus e protetor solar quando estiver exposta ao sol é primordial.

Peeling

O peeling químico tem o intuito de rejuvenescer e amenizar manchas, cicatrizes de acne e flacidez. O tratamento é feito com ácido de ação superficial, a quantidade de sessões varia de acordo com o perfil do paciente, que é sempre avaliado antes de fazer qualquer tratamento estético, e o procedimento dura mais ou menos 20 minutos.

Após sete dias do peeling já feito, a pele começa a descamar, então é imprescindível que nesse período o cuidado com o rosto seja ainda maior.

É importante passar protetor solar a cada quatro horas e também usar hidratante para evitar manchas na pele. Pacientes com doença de pele ou infecção ativa não podem fazer o procedimento, e pessoas que usam medicamentos como a isotretinoína oral também não podem fazer o peeling químico.

Laser fracionado

O laser fracionado é mais um tipo de procedimento que, por meio do estímulo do colágeno, melhora a pele em questão de rejuvenescimento, manchas solares, marcas e cicatrizes de acne.

O tempo de procedimento, assim como a quantidade de sessões, varia de acordo com o acometimento de cada paciente. É importante ter um cuidado maior após ser feito o laser porque por duas semanas a pele fica mais rosada e também há uma leve descamação.

Nesse período, é necessário evitar a exposição ao sol e o paciente deve passar com mais frequência o protetor solar para evitar manchas na pele. Pacientes negros, com vitiligo, lúpus, herpes, com tendência a ter cicatrizes queloides e com doenças fotossensíveis não podem fazer esse procedimento.

Microagulhamento

O microagulhamento é um tratamento mais intenso para rugas e melasmas, e é feito por meio de um roller que faz microperfurações com agulhas bem finas.

A técnica é minimamente invasiva, proporciona um estímulo de colágeno que aumenta o viço e a luminosidade da pele e é aplicado, durante o procedimento, cosmecêuticos rejuvenescedores e antioxidantes como vitamina C e fatores de crescimento.

Pelo tratamento deixar a pele muito sensível, nas 24 horas após a sessão é necessário que o paciente não use hidratante, maquiagens e nem produtos para a pele. Pessoas com problemas de coagulação sanguínea, com diabetes, câncer e problemas de pele não são indicadas a fazer o tratamento.

Todo o tipo de procedimento estético deve ser acompanhado por um profissional especializado na área. O paciente que tem interesse vai passar por uma avaliação que indicará se ele pode seguir com o tratamento ou se há particularidades que o impedem de fazer.

É fato que para todo tipo de pele e de idade há diversas opções estéticas, mas a saúde sempre é uma prioridade, então a avaliação é uma etapa muito importante no processo de uma clínica de estética. Nunca deixe de consultar um profissional da área antes de fazer qualquer coisa!

Conteúdo relacionado: