Transição capilar: 6 dicas preciosas para acelerar o crescimento dos fios

por Redação Bonde com assessoria de imprensa
   
Pixabay

Não é novidade que nesta quarentena muitas pessoas estão aproveitando o confinamento para mudar alguns hábitos. Assumir os cachos, aderir à transição capilar, livrando-se de tratamentos de alisamento como progressiva/relaxamento e uso de chapinha é um deles.

Entre as adeptas da prática, destacam-se celebridades como a apresentadora Maísa, que não escondeu sua felicidade nas redes sociais. "Aconteceu! Meu primeiro grande corte para eu arrasar no meu programa! Vocês sabem o quanto eu esperei por esse momento e o quanto ele significa para mim e para minha transição capilar”, escreveu a adolescente em seu Instagram. Assim como ela, fazem parte da lista a ex BBB Paula Amorim, além das atrizes, Juliana Paes e Bruna Marquezine.

Adotar o cabelo natural pode ser uma experiência libertadora, mas também muito demorada, afinal é preciso cortar as madeixas para que os fios se livrem de toda química. É comum que o processo de transição do cabelo relaxado para o crespo natural ou cacheado deixe muitas mulheres impacientes e ansiosas, por isso, o angiologista e especialista a em LEDterapia Capilar, dr. Álvaro Pereira, separou 6 dicas preciosas para aquelas que pretendem acelerar o processo de crescimento dos fios durante a transição. Confira!

Investir em LEDterapia

O procedimento é indicado para o combate da queda de cabelo e crescimento acelerado dos fios. Essa tecnologia de luz não invasiva estimula os folículos capilares e induz cientificamente o crescimento de cabelos mais grossos, cheios e vistosos. O tratamento vem no formato de capacetes e bonés de LED e com ótimos resultados aos pacientes. Na prática, com 12 minutos diários de uso do boné, ou 7 minutos diários de uso do capacete, o folículo piloso converte a luz vermelha em energia que estimula a circulação sanguínea do couro cabeludo, aumenta a ingestão e otimização de nutrientes no cabelo, resultando no crescimento rápido de fios mais bonitos, vistosos, encorpados, além de reparar danos, combatendo o ressecamento e a queda capilar.

Ficar longe de fontes diretas de calor

Evitar secadores de cabelo e chapinhas neste período de transição é essencial O calor direto torna o cabelo em transição suscetível a quadras. Quase todo cabelo relaxado apresenta algum nível de dano pelo calor e a exposição ao mesmo de forma prolongada torna o problema pior. Optar pela secagem natural.

Tomar vitaminas

Para acelerar a transição capilar, investir em vitaminas essenciais como biotina e vitamina A; substâncias que aumentam significativamente o crescimento dos fios.

Massagear o couro cabeludo

Durante o banho o ato de massagear o couro cabeludo aumenta o fluxo sanguíneo da região, acelerando o crescimento do cabelo.

Hidratar o cabelo

A hidratação do cabelo com mais frequência do que apenas uma ou duas vezes por semana. Durante a transição capilar, o condicionador é o mais novo melhor amigo de toda mulher, isto porque funciona como um desembaraçador, algo crucial para um cabelo saudável em transição.

Aparar o cabelo regularmente

Cortar o cabelo remove as pontas duplas, contribuindo para que os fios cresçam de forma acelerada e saudável, o que os aproxima mais rápido do aspecto natural.

Conteúdo relacionado: