Como prevenir o envelhecimento natural da pele?

por Redação Bonde
   
Divulgação

Ao se aproximar dos 30 anos, as mulheres, principalmente, começam a perceber sinais de envelhecimento: manchas, linhas de expressão, flacidez, ressecamentos, etc. Além disso, abaixo da pele, existe a massa óssea do crânio, que passa por transformações ao longo da vida e muda nossas feições.

Por mais que tentemos fazer as pazes com a ideia do tempo passando, acompanhar essas mudanças em frente ao espelho pode assustar. Veja abaixo algumas dicas importantes para manter a pele jovem por mais tempo, sem precisar recorrer a tratamentos caros.

Mude seus hábitos

Além de noites bem dormidas, é importante manter a mesma quantidade de horas de sono por dia (sete a oito horas). A posição do descanso também influencia. Para prevenir a formação de rugas no rosto, pescoço e colo, procure deitar de barriga para cima.

Veja também: Sono tem impacto sobre envelhecimento

Não use maquiagem todos os dias. É uma regra difícil para algumas mulheres, mas fundamental para os poros respirarem. Os cuidados começam no preparo da pele para receber os produtos. Após o uso, a limpeza é essencial para manter o aspecto jovem e de frescor na face. Utilize sabonetes neutros e água morna ou gelada.

Já reparou se sua pele fica avermelhada no final do banho? Isto porque, principalmente no inverno, usamos água muito quente. Ruim para o cabelo e para a pele, a alta temperatura resseca, facilita dermatites e acelera o processo de envelhecimento.

Fumar também impacta diretamente na saúde da pele, além de ser maléfico para todo o organismo. A compressão dos vasos sanguíneos diminui a circulação e, consequentemente, a produção de colágeno e elastina.

Proteção desde sempre

Água é a dica mais importante e menos levada a sério. A hidratação de dentro para fora torna a pele mais bonita, uniforme e principalmente saudável.

O protetor solar será para a vida toda. A radiação do sol e das luzes artificiais causa manchas e até mesmo câncer de pele, mesmo em dias nublados. Por isso, o protetor deve ser utilizado não apenas quando houver exposição direta ao sol, mas também em dias encobertos, chuvosos e em ambientes fechados.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda evitar o sol das 10h às 16h, que é o mais nocivo. Quando não for possível, utilize FPS 30 ou mais e se proteja com chapéu, guarda-sol e roupas na região do pescoço e colo.

Coma os alimentos certos

Além de uma dieta balanceada, certos alimentos podem dar uma força a mais para prevenir o envelhecimento.

O ômega 3, por exemplo, é uma gordura do bem não somente para a pele, mas para o corpo todo, e pode ser encontrado em peixes, folhas verdes, cereais e sementes. É rico em propriedades anti-inflamatórias e tem função imunomoduladora.

A vitamina A renova as células e ajuda na formação do colágeno, deixando o tecido firme por mais tempo. Você pode encontrar no espinafre, cenoura, abacate, brócolis, entre outros. Ela balanceia a produção de gordura na pele, prevenindo acnes e manchas avermelhadas de poros inflamados.

Nosso metabolismo produz os radicais livres, que podem destruir células saudáveis e acelerar o envelhecimento cutâneo. É fundamental, portanto, ingerir frutas cítricas, legumes, frutas vermelhas e carnes magras, pois funcionam como antioxidantes poderosos para manter a aparência da pele viçosa.

Outra grande aliada é a coenzima Q10, um nutriente de ação também antioxidante e que já existe no nosso organismo, mas pode reduzir sua produção com a idade. Ela leva nutrientes que são cruciais para as células da pele e reforça sua proteção natural.

Está presente também em alimentos como frutas secas, amêndoa, soja, verduras verde-escuras e, assim como os exemplos acima, pode ser suplementada.

Suplementos nutricionais

A suplementação é recomendada com mais frequência para idosos e atletas pelas necessidades específicas desses grupos. No entanto, dependendo do propósito de tratamento, suplementos são indicados para quem busca um benefício específico.

No caso da coenzima Q10, por exemplo, ela é também responsável pela produção de energia, excelente para quem precisa ter mais performance nos esportes, ou de mais disposição e ânimo para o dia a dia. Como preventivo para o envelhecimento das cútis, a coenzima Q10 eleva a presença de fibroblastos na pele.

Mesmo não oferecendo perigo à saúde, é fundamental a aprovação médica e de um nutricionista antes de começar a tomar suplementos. Quando consumido junto a outra medicação, pode comprometer sua eficácia.