Saiba quais são os cuidados necessários no uso do álcool líquido

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

As entidades que abrigam idosos por todo o Paraná e que estão recebendo as doações prioritárias de álcool líquido 70% se comprometeram em seguir orientações determinadas pela Sejuf (Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná).

Reprodução/Pixabay

De acordo com Ney Leprevost, secretário da Sejuf, "o produto deverá ser utilizado única e exclusivamente para as ações preventivas e de assepsia do órgão solicitante e os funcionários devem ser orientados sobre a correta utilização do produto, não o deixando em locais com trânsito de outras pessoas, de forma a evitar qualquer tipo de acidente”, reforçou.

Ainda estão sendo recomendadas outras orientações que devem ser aplicadas pelas entidades a partir do recebimento do produto.

• O álcool é inflamável, devendo o cuidado ser redobrado em virtude dessa característica. O produto deverá ficar fora do alcance de crianças;

• O produto não deve, em hipótese alguma, ser ingerido, ficando à carga da entidade a instrução dos funcionários e pessoas que poderão utilizar;

• É expressamente proibida a comercialização bem como a utilização do produto em locais alheios a entidade solicitante;

• A entidade receptora será responsável pela correta aplicação e destinação final do produto, não podendo o mesmo ser comercializado em hipótese alguma.

O produto doado ao Governo do Paraná pela Alcoopar (Associação de Produtores de Álcool e Açúcar do Paraná) foi processado e embalado de forma voluntária pela empresa Refriko. A distribuição de álcool líquido está sendo feita pela Defesa Civil, em parceria com a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho; Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação.

Os cuidados também devem ser adotados por quem adquirir o produto nos supermercados.

Conteúdo relacionado: