Veja quais são os cuidados necessários ao usar álcool em gel

por Caroline Knup - Estagiária*
   

O uso do álcool em gel é altamente recomendado para a prevenção do novo coronavírus. Seja para substituir ou para complementar a proteção após a lavagem das mãos com água e sabão, o fato é que esses produtos desapareceram das prateleiras de farmácias e mercados. Apesar da eficácia na prevenção, é preciso lembrar que existem alguns cuidados que precisam ser tomados ao fazer uso do álcool em gel.

Reprodução/Pixabay

Segundo Camila Guesine, perita criminal da Polícia Civil DF, o álcool em gel utilizado para a prevenção do novo coronavírus possui concentração de 70% ou mais. "É uma concentração muito alta e, por isso, muito inflamável. Em contato com algum agente químico, ou seja, alguma coisa que comece uma chama (esqueiro, fósforo), ele vai pegar fogo", afirma.

Para mostrar como ocorre a interação entre o álcool em gel e os produtos inflamáveis, Guesine produziu um vídeo, que tem sido divulgado nas redes sociais e em aplicativos de troca de mensagens. No vídeo, a perita orienta que o uso do álcool em gel deve ser feito apenas quando não houve água e sabão disponível para lavar as mãos. Além disso, Guesine faz um alerta para pais, mães e responsáveis que têm crianças em casa.

Veja o vídeo completo e confira as orientações de cuidados no uso do produto:

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Conteúdo relacionado: