Veja seis remédios caseiros para curar a ressaca

por Gabrieli Chanthe - Estagiária *
   
Shutterstock

Divertir-se com os amigos e desfrutar das mais diversas bebidas alcoólicas pode ser muito bom, porém, a ressaca no dia seguinte nunca é bem-vinda. Para te ajudar a aliviar os sintomas dessa fase da bebedeira e, ficar pronto para a próxima, confira a lista a seguir com remédios caseiros fáceis de encontrar.

1. Água de coco

A ressaca é um sinal de desidratação. Tomar apenas água já vai ser útil, mas a água de coco tem os cinco eletrólitos presentes no sangue, característica que faz com que o corpo se reidrate em menos tempo. E, para os que se importam com as calorias, a água de coco não tem quase nenhuma e 0% de gordura.

2. Missoshiro

Shutterstock

A sopinha japonesa feita com missô, que é um fermento de soja, arroz e cevada, também ajuda na reidratação. Além disso, possui bactérias fermentadas, nutrientes e enzimas que podem auxiliar na digestão, ou seja, é uma possibilidade de pausar o vômito.

3. Soro caseiro

Esse remédio é para os que estão realmente levando um 7x1 da ressaca. Pode ser feito em menos de um minuto: adicione 1/2 de chá de sal e 2 colheres de sopa de açúcar em dois litros de água, tome e fique reidratado.

4. Cafeína

A cafeína é ótima para dar uma acordada. Por aumentar a espessura dos vasos sanguíneos - que são contraídos por causa do álcool - reduz a intensidade da dor de cabeça. Então, arranje forças do além, levante da cama, prepare um bom café ou vá comprar uma Coca-Cola (se tiver sobrado algum dinheiro). Se a bebedeira foi de noite, tome pela manhã, nada de ingerir antes de dormir.

5. Taurina

Deixe sempre umas latinhas de energético na geladeira (longe da vodca, é claro). Essa bebida tem em sua composição a taurina, ácido orgânico encontrado no fígado, vai ajudar na disposição.

6. Mel

Pixabay

A boca está pedindo por um docinho? Invista no mel, que tem características antitóxicas, as quais ajudam o corpo a se recuperar e desintoxicar. O indicado é tomar uma colher de sopa de mel a cada duas horas durante o dia da ressaca.

Com informações de Super Interessante

(Sob supervisão de Luís Fernando Wiltemburg)

Conteúdo relacionado: