Alunos da UEL recebem chips de dados para aulas EaD

por Redação Bonde com Agência UEL
   
Divulgação/Agência UEL

Cerca de mil estudantes de graduação da UEL (Universidade Estadual de Londrina) que responderam ao Mapeamento Retorno Seguro e declararam a necessidade de apoio para as atividades remotas começaram a receber nesta terça-feira (1º) os chips com pacotes de internet.

Nesta terça (1º) e quarta-feira (2) devem receber o benefício um primeiro grupo de 267 alunos que declararam não possuir qualquer acesso à Internet. Nos próximos dias deverão ser atendidos os estudantes inseridos em um segundo lote, totalizando 1.067 alunos.

A distribuição é feita de forma agendada, na Prograd (Pró-reitoria de Graduação), no Campus da UEL, respeitando o distanciamento necessário para evitar a contaminação do novo coronavírus/Covid-19.

Segundo a Pró-reitora de Graduação, professora Marta Fávaro, foram estabelecidas regras para a entrega dos chips.

Na última sexta-feira a equipe da Prograd enviou e-mail aos alunos cadastrados junto ao Mapeamento Retorno Seguro. Nesta segunda-feira os estudantes fizeram o agendamento.

Alunos que não estiverem em Londrina e região, deverão indicar esta condição, para avaliação do envio do equipamento pelo correio.

Ao receber o chip, o estudante precisa apresentar documento de identidade e assinar o termo de empréstimo em comodato.

Equipamentos

Em agosto, a UEL distribuiu tablets, smartphones e até laptops que foram adquiridos mediante doações.

O maior lote foi doado pela Receita Federal em Londrina, que cedeu à universidade cerca de R$ 1 milhão em equipamentos apreendidos.

A UEL também receberá recursos financeiros da Alep (Assembleia Legislativa) e da Seti (Superintendência de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia) e da Fundação da Araucária para custear equipamentos para atividades remotas.

Duas construtoras de Londrina também repassaram, na semana passada, 20 laptops que deverão beneficiar alunos do curso de Engenharia Civil, que necessitam de equipamentos com maior capacidade de processamento para programas mais pesados.

O calendário da Graduação foi retomado no último dia 29 de junho, após decisão do Cepe (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão) da UEL.

Conteúdo relacionado: