Aulas de graduação da UEM retornam de forma remota em 17 de agosto

por Pedro Moraes - Grupo Folha
   

A UEM (Universidade Estadual de Maringá) vai dar início ao ano letivo de 2020 com aulas remotas emergenciais para os mais de 15 mil alunos da graduação, a partir do dia 17 de agosto.

Divulgação/Mallu Andrade/UEM

A decisão foi anunciada na noite desta quinta-feira (23), um dia depois de os integrantes do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da universidade tomarem a decisão. O grupo é formado por 136 membros, incluindo todos os coordenadores de curso de graduação, pós-graduação e representantes discentes.

Alunos que não queiram cursar de forma remota as disciplinas poderão pedir o cancelamento nas aulas ou trancar o curso nesse ano sem qualquer prejuízo.

CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA:

Alunos que não têm acesso a dispositivos podem ser beneficiados pelo Projeto de Inclusão Digital

Conteúdo relacionado: