Covid-19 provoca fechamento da segunda escola de Londrina

por Vitor Struck/Grupo Folha
   
Reprodução/Pixabay

A menos de uma semana para o início do ano letivo na modalidade híbrida no Paraná, escolas estaduais de Londrina têm sido fechadas para higienização após educadores terem sido diagnosticados com a Covid-19. Surtos da doença já haviam sido registrados na semana passada em quatro colégios estaduais de Curitiba e nove de Maringá. Em Londrina, o caso mais recente é o do Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes, zona leste, onde uma professora que não teve a idade revelada teria contraído o vírus após o início das reuniões pedagógicas, em 11 de fevereiro.

Na semana passada, a mesma situação já havia ocasionado o fechamento do Colégio Estadual Barão do Rio Branco, em Londrina. E, conforme a App-Sindicato (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná), o diagnóstico mais recente de Covid-19 já teria sido o segundo caso na mesma escola.

De acordo com o professor Márcio André Ribeiro, diretor da APP-Sindicato (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná) em Londrina, a entidade tem recebido denúncias sobre o surgimento de sintomas da Covid-19 em profissionais de outras instituições de ensino da cidade. Ele lembra que a preocupação é grande sobre o retorno das atividades presenciais mesmo na modalidade híbrida, já que, em algumas escolas, seriam 500 pessoas circulando ao mesmo tempo e a maioria dos professores atua em mais de uma escola.

Continue lendo em Folha de Londrina.

Conteúdo relacionado: