Curso sobre violência doméstica abre inscrições para profissionais da Educação

por Redação Bonde com N.Com
   

Estão abertas as inscrições para o curso "Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher para Profissionais da Educação”. Os interessados em participar podem se inscrever pela Escola de Governo, por meio do AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem). Foram disponibilizadas 60 vagas.

Marcos Santos/USP

As aulas serão ministradas por Mirtes Viviani Menezes, psicóloga da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, e pela diretora de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, Karen Ikeda. O curso será transmitido via on-line, facilitando o acesso de qualquer local e no melhor horário para o participante.

Ao todo, serão 56 horas de aprendizado sobre a caracterização da violência doméstica e familiar contra a mulher, seus impactos e consequências, as cinco formas de violência contra a mulher, as medidas protetivas de urgência, a dificuldade de romper com o ciclo da violência, e os serviços que podem ser encontrados na rede de enfrentamento à violência contra a mulher em Londrina.

Segundo a secretária Municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes, o enfrentamento à violência contra a mulher deve ter como base a educação e a informação. "O primeiro para entender que todos são detentores de direitos, deveres e respeito, e o segundo para que, diante da violação dos direitos, a pessoa saiba exatamente onde procurar atendimento e ajuda”, afirmou a secretária.

A intenção é mostrar a importância da prevenção à violência contra a mulher nos diversos segmentos da sociedade, principalmente na área da educação, que tem um papel essencial na construção e no reconhecimento da igualdade entre homens e mulheres.

Sobre isso, a secretária Municipal de Educação, Maria Tereza de Moraes, explicou que o curso é fundamental, principalmente durante o período que se vivencia o isolamento social, onde o agressor e a mulher passam mais tempo juntos no mesmo ambiente, podendo aumentar a incidência de casos de agressão e de violência doméstica.

"Precisamos conversar sobre violência contra a mulher com os alunos, professores e professoras, que são a maioria dos profissionais de Educação, porque informar é prevenir e cuidar das pessoas”, disse Moraes.

Data Atividades que serão desenvolvidas:

19/05 Módulo 1: Caracterização da Violência Doméstica e Familiar contra a mulher de acordo com a Lei Maria da Penha.

26/05 Módulo 2: As Medidas Protetivas de Urgência.

02/06 Módulo 3: : Impactos da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

09/06 Módulo 4: Por que é difícil para a Mulher romper com o Ciclo da Violência e os Mitos relacionados à violência contra a Mulher.

16/06 Módulo 5: A Rede de Enfrentamento à violência contra a mulher e de Assistência à Mulher em situação de violência doméstica e familiar, no município de Londrina.

23/06 Módulo 6: Avaliação Final

O curso foi formulado pelas profissionais da SMPM (Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres) e conta com a participação dos servidores da SME (Secretaria Municipal de Educação). Os interessados podem sanar dúvidas por meio do e-mail gabinete.mulher@londrina.pr.gov.br.

Conteúdo relacionado: