Londrina e região: Escolas particulares conseguem liminar para reabrirem

por Redação Bonde
   
iStock

O Sinepe/NPR (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Norte do Paraná) obteve liminar no TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná) que permite a reabertura de escolas particulares em Londrina e região. A decisão contempla cerca de 80 estabelecimentos filiados ao sindicato.

De acordo com a vice-presidente do Sinepe/NPR, Maria Antônia Fantaussi, a grande maioria dos estabelecimentos está preparada para o retorno das atividades. "Desde abril, logo que as atividades ficaram suspensas, começamos a fazer um protocolo de segurança para a retomada. Cada escola tem seu próprio protocolo porque são estruturas diferentes e realidades diferentes”, explicou.

Em comum, os estabelecimentos formalizaram normas que preveem o distanciamento, o uso de álcool gel, a possibilidade de escalonamento com revezamento das turmas e a continuidade de atividades remotas.

"É dar o direito de escolha para as famílias. É o momento do gestor ter um olhar para o todo: para a família, o professor e a comunidade. O mesmo cuidado que teremos com os alunos, teremos com os professores, teremos com a comunidade escolar. O professor que apresentar algum sintoma, poderá ficar em casa. Será uma readaptação”, completou.

Continue lendo na Folha de Londrina.

Conteúdo relacionado: