Prefeito de Londrina prorroga suspensão de aula presenciais até o fim de fevereiro

por Luís Fernando Wiltemburg - Grupo Folha
   
Emerson Dias/N.Com

O prefeito Marcelo Belinati (PP) anunciou neste sábado (23) que vai prorrogar a suspensão das aulas presenciais em Londrina por mais um mês, tanto em escolas públicas quanto em particulares. O comunicado, publicado em redes sociais, ocorre após o governo do Estado liberar as atividades presenciais nos estabelecimentos de ensino desde 20 de janeiro.

Já as atividades por meio da internet permanecerão, assim como o atendimento individual a quem necessita. O entendimento jurídico da administração municipal é que, diante de decretos e regulamentações relativas à pandemia dos governos federal, estadual e municipal, prevalece a mais restritiva.

Na quinta-feira (21), o Sinepe (Sindicato das Escolas Particulares de Londrina) já havia adiantado que os estabelecimentos que a entidade representa retomariam as aulas presenciais a partir desta segunda-feira (25), de forma híbrida - metade dos alunos em sala de aula e metade com aulas pela internet, revezando as turmas.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NA FOLHA DE LONDRINA