Vestibular UEL: Primeiro dia da 2ª Fase registra abstenção de 589 candidatos

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa

Um total de 589 candidatos, ou seja, 7% dos vestibulandos, deixaram de comparecer no domingo (1º) quando foram aplicadas as provas de Línguas, Literatura e Redação da 2ª Fase do Vestibular 2020 da UEL (Universidade Estadual de Londrina). O índice foi considerado normal pela Cops (Coordenadoria de Processos Seletivos) da UEL, pouco mais do que no ano passado, quando a abstenção foi de 5% do total. A 2ª Fase prossegue nesta segunda-feira (2) com 12 questões discursivas sobre o conteúdo do Ensino Médio. O concurso prossegue na terça-feira (3) para candidatos de apenas quatro cursos que exigem Prova de Habilidade Específica.

COM/UEL

Segundo a professora Sandra de Oliveira Garcia, coordenadora da Cops, como no ano passado, a prova de redação cobrou três produções diferentes. A primeira cobrou uma posição do vestibulando sobre desigualdade social a partir de três textos e um infográfico. Este texto deveria ter de 12 a 14 linhas. A segunda redação apresentou uma charge sobre a proposta governamental de ensino domiciliar, solicitando uma produção textual de até seis linhas.

A terceira foi considerada a mais surpreendente pela coordenadoria, desafiando os candidatos a produzirem uma narrativa de oito a 10 linhas a partir da frase: "Eu vi meu reflexo nas lentes de seus óculos de sol e não me reconheci". De acordo com a professora, o objetivo foi avaliar a criatividade do candidato, considerando uma história com princípio e sem fim. "Os avaliadores quiseram certamente dar mais leveza à prova", definiu a professora.

Aplicativo

Pela primeira vez, a Cops apresentou o aplicativo do Vestibular, que poderá ser baixado já a partir de domingo por todos os candidatos. O app traz informações como o gabarito da prova. O caderno será liberado nesta segunda-feira, quando os estudantes poderão fazer a correção. A ferramenta traz ainda o Cartão de Inscrição, que a partir do próximo ano poderá ser utilizado via celular, o Manual do Candidato e o mapa do local de provas do estudante.

Conforme a coordenadora da Cops, a liberação para o aplicativo ocorreu somente agora, nesta 2ª Fase, e possibilitará maior interação entre a universidade e os candidatos. O app pode ser baixado por qualquer pessoa, bastando digitar Vestibular UEL.

Primeiro dia

Sobre o primeiro dia, a professora afirmou que a aplicação foi bastante tranquila, com apenas dois registros de atraso ocorridos em Londrina. Este ano, 77 estudantes solicitaram atendimento especial, com ledores, acompanhamento médico e provas para pessoas portadoras de deficiência visual. Sandra detalhou ainda que uma estudante de Curitiba perdeu a carteira de identidade no início da tarde no campus da UEL. O documento foi encontrado por um fiscal e a coordenação conseguiu localizar a estudante, devolvendo o RG a tempo da candidata conseguir fazer a prova.

Cerca de 900 pessoas entre fiscais, coordenadores, agentes de segurança, médicos, monitores e supervisores estão trabalhando nesta 2ª fase em Londrina, Cascavel e Curitiba. A UEL oferece um total de 2.559 vagas em 53 cursos de graduação, considerando turnos e habilitações, e outras 586 por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), totalizando 3.145 vagas. Pela primeira vez, a UEL ofertará os novos cursos de Biotecnologia e Nutrição.

Nesta segunda-feira, os candidatos fazem as provas Específicas, com 12 questões discursivas distribuídas entre três das disciplinas que constam do Ensino Médio - Artes, Biologia, Espanhol, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa/Literaturas em Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia. Nesse caso o candidato precisa estar atento às disciplinas selecionadas pelo curso escolhido. A relação está disponível no Manual do Candidato.

Na quarta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 18h, a Cops aplica as PHE (Provas de Habilidades Específicas) para os candidatos aos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico. Ainda segundo a professora Sandra, embora o Vestibular seja descentralizado, estes candidatos deverão fazer as provas obrigatoriamente em Londrina, no Cesa (Centro de Estudos Sociais Aplicados) e no CTU (Centro de Tecnologia e Urbanismo), no campus da UEL.

O resultado final será divulgado no dia 13 de janeiro, a partir das 12h, no site da Cops.