Abertas inscrições para o 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná

por Agência UEL/ O Perobal
   
Divulgação

Estão abertas as inscrições para o 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná, para ingresso no ano letivo de 2021. As inscrições são gratuitas e prosseguem até 7 de dezembro, no portal da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), instituição organizadora do concurso esse ano.

As provas serão realizadas nos dias 11 e 12 de abril, ofertando vagas nos cursos de graduação das sete Universidades Estaduais do Paraná e na Universidade Federal do Paraná, conforme quadro disponível no Manual do Candidato - Confira Edital. Podem participar do Vestibular, estudantes indígenas que tenham concluído o Ensino Médio e que não possuam curso superior. No caso de escolha das Universidades Estaduais, o candidato deverá comprovar que pertence à uma comunidade indígena no território paranaense.

O processo de inscrição será totalmente eletrônico. O candidato deverá preencher inicialmente o formulário disponível AQUI e anexar a Autodeclaração/Carta de Recomendação assinada pelo candidato e pelo cacique da comunidade. Na sequência o candidato deverá preencher o questionário sócioeducacional e indicar a Universidade em que pretende concorrer em primeira opção.

Provas - As provas serão realizadas em Londrina, Ponta Grossa, Cascavel, Guarapuava e Curitiba, nas respectivas Universidades. No caso da UEL, as provas serão aplicadas para os candidatos provenientes das reservas da região norte: Apucaraninha; Barão de Antonina; São Jerônimo; Laranjinha; Posto Velho e Pinhalzinho. As provas serão aplicadas nos dias 11 e 12 de março, no Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA) da UEL.

Candidatos que não residem nas terras indígenas ou nos municípios relacionados, farão as provas em locais indicados pela Comissão Organizadora do concurso, respeitando a proximidade de sua residência. Candidatos que não residem no Paraná realizarão as provas em Curitiba. O conteúdo prevê a grade curricular do Ensino Médio, sendo que os candidatos poderão optar por Língua Estrangeira Moderna (Inglês ou Espanhol) ou Língua Indígena (Guarani ou Kaingang).

No Paraná, o Vestibular Indígena é garantido pela Lei Estadual nº 13.134/2001, modificada pela Lei Estadual 14.995 de 2006, que reserva vagas suplementares para indígenas no Sistema de Ensino Superior Público Paranaense. O concurso é realizado anualmente pelas Universidades, que se revezam na organização e na aplicação do concurso.

Outras informações sobre o 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná podem ser obtidas junto à Comissão Universidade para os Índios (CUIA) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP).

Conteúdo relacionado: