Glória Perez posta vídeo da filha Daniella, que completaria 50 anos

por Folhapress
   
Reprodução / Instagram

A atriz Daniella Perez, morta por um colega de elenco, enquanto fazia a novela "De Corpo e Alma (Globo, 1992-1993), completaria 50 anos nesta terça-feira (11). A mãe dela, a escritora Gloria Perez, 71, usou suas redes sociais para comentar a data: "11 de agosto. Cada aniversário faz a conta de um tempo que ela não viveu".

"É um parto às avessas. Um dia que dói", completou a escritora, que publicou um vídeo de Daniella dançando com um gato, o mesmo que ela já havia postado antes. Vários famosos deram seu apoio: "Você não está sozinha, força", comentou Carla Diaz. "Sempre ao seu lado", afirmou o também escritor Walcyr Carrasco.

Daniella fazia sua terceira novela quando foi morta pelo ator Guilherme de Pádua, seu par romântico na trama, e a então mulher dele, Paula Thomaz. Os dois armaram uma emboscada para a atriz e a mataram com tesouradas, em 28 de dezembro de 1992, quando Daniella tinha 22 anos.

O ASSASSINATO

O crime chocou o Brasil, e Guilherme de Pádua e Paula Thomaz foram condenados por homicídio qualificado depois de cinco anos. O casal deveria cumprir a pena de 19 anos de prisão -que foi reduzida e extinta antes do previsto. Em 2006, em entrevista à Folha de S.Paulo, Guilherme disse que, mesmo livre há sete anos, se sentia aprisionado.

"Fui uma espécie de exemplo de justiça superexposto pela mídia, em um país repleto de impunidade. A verdade é que fiz bobagens, mas sou inofensivo, e por isso as pessoas não têm medo de me agredir na rua. Já chegaram a me cuspir no rosto, em um shopping", disse Pádua.

Em 2017, Guilherme de Pádua se tornou pastor da igreja evangélica em Belo Horizonte. O ex-ator se converteu à religião em 2002, um ano depois de sair da prisão em que cumpria a pena pelo assassinato de Daniella.

No ano passado, Gloria Perez e Zé de Abreu trocaram farpas na internet após o ator dizer que Guilherme de Pádua e a autora estariam "apoiando o mesmo espectro político". Ao ver o tuíte, ela respondeu: "Você é muito canalha! Não vou revidar lembrando sua tragédia pessoal. É block e mais nada!".

Conteúdo relacionado: