Rodrigo Lombardi faz homenagem e recorda encontro com Nick Cordero

por Folhapress
   

Rodrigo Lombardi, 43, fez uma homenagem ao ator da Broadway Nick Cordero, que morreu neste domingo (5), aos 41 anos, após uma longa luta contra o novo coronavírus. "Ele não resistiu. Um dos melhores atores de sua geração. Sempre maravilhoso em cena", afirmou o artista brasileiro.

Reprodução / Instagram

A morte de Cordero foi confirmada por sua mulher, a bailarina Amanda Kloots, pelas redes sociais. "Deus tem outro anjo no céu agora. Meu querido marido faleceu esta manhã. Ele estava cercado de amor por sua família, cantando e orando enquanto deixava esta terra", afirmou ela, dizendo estar com o coração partido.

Lombardi então postou em suas redes sociais uma recordação de quando viu Cordero na peça "Bullets Over Broadway", e afirmou que na saída se apresentou ao ator canadense, que o chamou para comer um hambúrguer ali perto. "E batemos um papo ótimo sobre o musical", afirmou o brasileiro.

Outros famosos e anônimos também comentaram a morte de Cordero nas redes sociais. A atriz Viola Davis, 54, prestou condolências à viúva do ator e disse sentir muito pelo filho do casal, Elvis, que completou seu primeiro ano de vida quando o pai já estava no hospital. "Meu coração está com vocês", afirmou ela.

A atriz Phillippa Soo, 30, também usou suas redes sociais para dizer que está com o coração partido pela morte de Cordero e aproveitou para pedir que as pessoas se cuidem. Já o ator Zach Braff, 45, afirmou que um ser humano mais gentil que Cordero. "Sou muito grato pelo tempo que tivemos juntos", afirmou.

LUTA CONTA A COVID-19

Nick Cordero foi internado em março, no Hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles. Durante a luta contra a doença, que durou 95 dias, o ator chegou a ser colocado em um respirador e sofreu várias complicações, como a amputação de uma das pernas, em abril.

Ele chegou a ser retirado do respirador, mas seus pulmões estariam bastante comprometidos. Kloots chegou a dizer em entrevista ao canal americano CBS que os pulmões de Cordero estavam semelhantes a de uma pessoa que havia fumado por 50 anos, e possivelmente ele precisaria de um transplante duplo de pulmão.

Cordero foi indicado aos principais prêmios do teatro, como o Tony Awards, em 2014, por seu papel em "Bullets Over Broadway". Foi durante a apresentação dessa peça também que ele conheceu Kloots, tendo se casado em 2017. Os dois têm um filho, Elvis, que completou 1 anos enquanto o pai estava internado.

O ator também fez alguns papéis na televisão, como nas séries "Blue Bloods" e "Lei e Ordem".

Conteúdo relacionado: