Tarantino revela timidez de Brad Pitt durante gravação sem camisa

por Folhapress
   

Em conversa com a atriz Amy Schumer em um podcast, o diretor do longa "Era uma Vez em... Hollywood", Quentin Tarantino, 57, revelou que durante as gravações do longa indicado ao Oscar, o galã Brad Pitt, 56, passou por um momento de timidez.

Divulgação

Pitt interpretou o personagem fictício, Cliff Booth, que teve um momento bastante peculiar no filme. Em uma cena que ficou sem camisa, em cima de um telhado, o ator exitou exibir o corpo. Tarantino, por sua vez, preciso convencer o astro a gravar o momento.

"Foi engraçado porque, na verdade, Brad em público é meio tímido com coisas assim", disse.

"Ao mesmo tempo ele sabe exatamente que é preciso. Eu digo: 'Então, eu estou pensando que talvez você desabotoe a camisa havaiana e depois tire a camiseta. E ele estava, tipo: 'Sério? Você quer que eu passe por toda essa besteira de botão? Vou tirá-la daqui a pouco e você verá. Vamos!", contou sobre o diálogo com Pitt.

Vale lembrar que o ator venceu a categoria de Melhor Ator Coadjuvante do Globo de Ouro 2020, pelo seu papel em "Era Uma Vez em... Hollywood". Brad Pitt concorreu com grandes nomes da dramaturgia, entre eles Al Pacino, Joe Pesci, Tom Hanks, e Anthony Hopkins. Essa foi a primeira vez em mais de 20 anos de carreira, que Pitt venceu o Globo de Ouro.

Conteúdo relacionado: