'Vai pegar mais de uma', diz Xuxa sobre Fiuk no BBB

por Folhapress
   
Divulgação

A apresentadora e cantora Xuxa Meneghel, 57, mostrou que está animada com a 21ª edição do Big Brother Brasil. Ela comentou sobre Fiuk e Juliette que estão sendo shippados, e ao falar apenas de Fiuk, a cantora diz ter "quase certeza vai pegar mais de uma".

A artista participou do programa Encontro com Fátima Bernardes (Globo) nesta terça-feira (26) e relembrou que no BBB1, em 2002, fez uma visita especial a casa mais vigiada do Brasil. "Queria falar com todos, dar dicas, mas não podia. Não sabia que tinha câmeras por todos os cantos", contou.

Sobre participar de um programa de confinamento, Xuxa fala que não se imagina em um reality show do tipo. "Não iria porque não conseguiria dormir direito, nem tomar banho direito, ser vegana. Acho que ficaria de mau-humor logo e é um lado que as pessoas não conhecem muito", mas ela afirma que adora "ver uma treta".

Além de comentar sobre o programa, a apresentadora também falou sobre seu livro infantil, "Betinho: o amor em forma de criança", que conta a história real de uma criança de 2 anos que conseguiu guiar o pai por Angola em busca de comida. Ela conheceu o menino em uma viagem para Angola, feita no ano passado antes da pandemia.

Toda a verba do livro será revertida para uma instituição que cuida de animais resgatados e para a aldeia em que Betinho vive em Angola. "A gente acha que nós temos problema, então quando eu fui lá achando que eu podia dar alguma coisa, mas eu recebi muito mais, recebi tanto amor das crianças, das pessoas que trabalham lá", contou.

Ela também comentou sobre seu documentário que será lançado em 2021, pelo streaming da Globoplay. "Esse documentário tinha que ter a mão da Globoplay, porque são 29 anos que eu vivi aqui, então não tem como fazer em outro lugar". Um seriado e um filme também estão em seus planos para esse ano.

Quando questionada sobre sua volta à televisão, após não ter renovado contrato com a Record, Xuxa afirmou que não tem planos para isso. "Acho que a televisão tem um tempo e ficam de saco cheio das mesmas caras. Não vou dizer que não quero nunca mais. Hoje, a Internet está muito forte. O que querem ouvir nem é sempre o que querem ouvir. Sou polêmica. Não sou muito mediadora", completou.

Conteúdo relacionado: