Confira cinco filmes sobre a relação entre pais e filhos

por Hanuska Bertoia - Folhapress
   
Pixabay

Assim como as mães, o cinema já nos deu pais marcantes. Em homenagem ao dia deles, comemorado neste domingo (9), sugiro três clássicos em que a relação entre pais, biológicos ou não, e filhos é o centro.

Em um deles, "Ladrões de Bicicleta", percorremos as ruas de Roma ao lado de Antonio e seu filho Bruno em busca da bicicleta que o pai usa para trabalhar.

Já em "O Garoto", Charles Chaplin adota um menino abandonado. Mais recente, mas também clássico, é "O Império Contra-Ataca", da saga Star Wars. Na relação há ainda dois longas que, se não são considerados clássicos, espero que em breve entrem nesta lista privilegiada: "Procurando Nemo" e "Peixe Grande".

Os preços e a disponibilidade nos serviços de streaming foram pesquisados no dia 6 de agosto.

LADRÕES DE BICICLETA (1948)

Divulgação

Este clássico do neo-realismo italiano dirigido por Vittorio De Sica frequentemente está em relações dos melhores filmes da história do cinema. Estamos na Itália dos primeiros anos do pós-guerra, onde a luta diária é por um emprego. Antonio Ricci, um em meio a tantos que buscam trabalho em Roma, consegue uma vaga para colocar cartazes pela cidade.

Para isso, precisa de sua bicicleta, que está penhorada. Maria, mulher de Antonio, leva ao penhor os lençóis da família para resgatar a bicicleta. Mas a felicidade da família dura pouco. No primeiro dia de trabalho, a bicicleta é roubada.

Ao lado do filho Bruno, Antonio percorre as ruas de Roma à procura do objeto levado. Nesta busca, acompanhamos os dramas pessoal, de Antonio e seu filho, e o coletivo, da Itália após a Segunda Guerra Mundial.

De Sica optou por um elenco com atores amadores, para dar naturalidade às interpretações, e filmou nas ruas e em locações de Roma. Com uma trama aparentemente simples, "Ladrões de Bicicleta" comoveu e ainda comove gerações e influenciou inúmeros cineastas.

ONDE VER

Old Flix: grátis para assinantes

O GAROTO (1921)

Divulgação

"Uma comédia com um sorriso, e talvez uma lágrima." Assim Charles Chaplin apresenta "O Garoto" nos créditos iniciais. Na trama, o Vagabundo encontra um bebê abandonado nas ruas. Inicialmente, ele tenta se desvencilhar da criança, mas acaba assumindo o bebê. Em meio à pobreza, cuida com carinho do menino. Aos cinco anos, o garoto ajuda o Vagabundo em pequenos golpes. É quando a polícia e assistentes sociais decidem mandar o menino para um orfanato. Quase cem anos depois, o filme ainda emociona com a singela relação entre o Vagabundo e o garoto e um retrato duro da pobreza.

ONDE VER

Telecine Play: grátis para assinantes

NOW: R$ 3,90 (aluguel)

O IMPÉRIO CONTRA ATACA (1980)

Divulgação

Darth Vader, quem diria, é um dos pais mais famosos do cinema. A revelação, em uma das cenas mais famosas de "O Império Contra-Ataca", de que ele, o maior vilão de Star Wars, é o pai de Luke Skywalker deu um outro sentido à saga intergalática de George Lucas. À luta entre o bem e o mal soma-se a tentativa do filho de, no filme seguinte, reabilitar e redimir o pai. Desta forma, Star Wars nada mais é do que uma saga familiar.

ONDE VER

iTunes: R$ 7,90 (aluguel) e R$ 24,90 (compra)

Google Play: R$ 3,90 (aluguel) e R$ 24,90 (compra)

Looke: R$ 7,99 (aluguel)

Microsoft Store: R$ 3,90 (aluguel) e R$ 24,90 (compra)

Prime Vídeo: grátis para assinantes

Vivo Play: R$ 8,90 (aluguel)

PEIXE GRANDE E SUAS HISTÓRIAS MARAVILHOSAS (2003)

Divulgação

A relação entre pai e filho é o centro deste filme, um dos melhores de Tim Burton. Will não compreende seu pai, Ed, um contador de histórias que diz ter conhecido gigantes, irmãs siamesas e lobisomens. Quando criança, Will gostava da personalidade do pai. Adulto, acha que Ed vive em um mundo de fantasia. Quando o pai fica doente, Will tem a oportunidade de compreendê-lo e entender que realidade e fantasia podem conviver juntas.

ONDE VER

Google Play: R$ 5,90 (aluguel) e R$ 19,90 (compra)

Microsoft Store: R$ 7,90 (aluguel) e R$ 22,90 (compra)

Netflix: grátis para assinantes

PROCURANDO NEMO (2003)

Divulgação

Nesta animação, a Pixar uniu sua excelência visual e técnica a uma história para todas as idades. Não há como não se encantar por Marlin, o peixe-palhaço que supera todos os seus medos e se lança nos oceanos em busca do filho Nemo. O peixinho, que possui uma nadadeira menor do que a outra, é superprotegido pelo pai. Mas Nemo não tem medo, quer se aventurar, e acaba capturado por um mergulhador. A animação trouxe desafios para a Pixar. O principal deles era dar textura ao mar que aparece na tela. Tarefa cumprida com louvor.

ONDE VER

iTunes: R$ 24,90 (compra)

Google Play: R$ 24,90 (compra)

Looke: R$ 7,99 (aluguel)

Netflix: grátis a assinantes

Vivo Play: R$ 8,90 (aluguel)

Conteúdo relacionado: