Joaquim Lopes diz ser mentira acusação de assédio a Ticiane Pinheiro

por Agência Estado
   

Na última terça-feira, 28, o jornal "Extra" publicou que a apresentadora Ticiane Pinheiro havia relatado a Luana Piovani que havia sido assediada por Joaquim Lopes num camarote da Sapucaí, no Rio. Algumas horas depois, o apresentador do Vídeo Show resolveu se pronunciar sobre o caso.

Em três vídeos publicados em seu Instagram, Joaquim Lopes lê a reportagem em questão e critica a atuação do jornalista que fez a matéria, dizendo que foi a "fabricação de um escândalo" e que o episódio é "nojento, triste e lamentável".

"Estou sendo obrigado a interromper o meu carnaval e o de vocês para deixar registrado a minha enorme indignação e revolta com a matéria publicada no Jornal Extra de hoje, e replicada pelos sites da imprensa de todo o pais, onde, de forma irresponsável, sou apontado como sendo o homem a respeito do qual Ticiane Pinheiro, em conversa com Luana Piovani, fazia uma grave acusação de assedio dentro de um Camarote no Sambódromo", disse.

"O jornalista, de forma temerária e inconsequente, tentou ouvir um diálogo de pé de ouvido entre Tici e Luana e, sem consultá-las e me entrevistar, saiu me acusando do tal assedio sem que eu tenha feito absolutamente nada", completou Joaquim Lopes nos vídeos e na legenda das publicações.

O apresentador disse que vai processar o veículo e todos os que replicaram a matéria e que será representado pelo mesmo advogado de Luana Piovani.

Veja os posts!