Você tem medo da Sexta-feira 13?

Ao longo da história, tragédias e desastres aconteceram neste dia; paraskevidekatriafobia é nome dado aos que temem o dia

por Redação Bonde
   

A Sexta-Feira 13 é tradicionalmente conhecida como o dia mais azarado de todos. Existe até um nome para quem tem medo da sexta 13: paraskevidekatriafobia. A data é a junção de duas coisas que por si só já são associadas ao azar. O número 13 é considerado um número do azar, do infortúnio. Em comparação com o número 12, que representa algo "completo", o 13 é sempre associado a algo irregular. Já a sexta-feira ganhou sua fama de dia de azar devido ao fato de que, segundo a Bíblia, foi o dia em que Jesus foi crucificado.

Apesar de o número ser considerado azarado hoje em dia, em culturas antigas ele já foi associado a sorte e sacralidade. Na cultura egípcia, por exemplo, o número 13 estava ligado à morte, não no sentido negativo mas sim como um renascimento e transformação. Essa conotação permaneceu, mas outras culturas que enxergam a morte como algo negativo se apropriaram disso e associaram o número à má sorte.

Divulgação

Para o cristianismo, a desconfiança com relação à sexta-feira 13 remonta às religiões pagãs. Acredita-se que o dia tenha recebido seu nome em inglês (Friday) em homenagem a uma deusa nórdica chamada Frigga. Para os cristãos, essa figura podia significar uma ameaça à religião controlada por homens e, por isso, os padres a caracterizaram como bruxa. A deusa também se reunia com doze outras bruxas, consagrando-se a 13ª do círculo.

Em cada cultura existem diversas histórias e tradições que justifiquem a aversão à sexta-feira e ao número 13. Há quem argumente que a Sexta 13 é o dia reservado para tragédias e eventos desastrosos. O Grande Dilúvio teria ocorrido numa sexta-feira treze. Em 1972, um avião que levava a equipe uruguaia de rúgbi caiu nos Andes em uma sexta-feira treze. No Brasil, o AI-5, decreto que enrijeceu a censura e institucionalizou a tortura durante a ditadura militar, foi promulgado em 13 de dezembro de 1968, uma sexta-feira.

Tradicionalmente, alguns elementos conhecidos como azarados, são associados à Sexta-Feira 13. O gato preto é normalmente associado ao mau agouro mas na Sexta-Feira 13, é bastante procurado para rituais de magia negra. A medida que a data se aproxima, grupos de proteção aos animais alertam para que as pessoas cuidem de seus gatos pretos e para que eles não sejam usados nesses rituais.

Quer inspiração para a Sexta 13? Confira os melhores filmes de terror, segundo o Adoro Cinema, para 'alegrar' este dia.

Feliz Sexta-feira 13!

(com informações dos site Último Segundo)