Evento online incentiva cultura do "Faça Você Mesmo" em Londrina

por Tiago Bueno - estagiário*
   
Divulgação

Neste sábado (26), a partir das 8h, a terceira edição do Maker Day Brasil reúne workshops, palestras e exposições online. A ideia é apresentar iniciativas voltadas à cultura maker, o movimento das pessoas que gostam de pôr a mão na massa e usar a criatividade para construir ou consertar seus próprios objetos.

Marcos Vinicius, do blog Londrina Geek, diz que a cultura maker surgiu depois da Segunda Guerra Mundial por meio do movimento DIY (sigla em inglês para "Do It Yourself”, ou "faça você mesmo”).

Nas últimas décadas, a noção de que pessoas comuns podem criar, produzir, fabricar e desenvolver objetos com as próprias mãos cresceu. Os tutoriais de DIY têm milhões de visualizações em plataformas como YouTube, Instagram e Facebook.

A edição 2020 do Maker Day Brasil tem apoio da Casa Thomas Jefferson, a embaixada dos Estados Unidos, e é realizada por meio de parceria com 24 Centros Binacionais espalhados pelo país.

Marcos Vinícius explica que "um evento como esse contribui para que muitas pessoas experimentem, explorem e exercitem a criatividade. Também é uma forma de compartilhar o que elas aprenderam e descobrir que elas conseguem passar do consumo para a criação.”

Atividades gratuitas em Londrina

A escola de idiomas Cultural é a representante de Londrina no evento e vai apresentar cinco atividades. Um exemplo é a oficina "Eu Não Sou um Rolo de Papel”, que vai despertar a criatividade dos participantes ensinando-os a criar objetos a partir de rolos de papel higiênico.

Outras iniciativas envolvem criação e programação de jogos, desenvolvimento de animações stop motion a partir de fotos, e construção de um terrário com garrafas pet. Todas podem ser praticadas por pessoas de qualquer idade.

A programação completa está neste link.

"Você pode destravar sua criatividade sendo uma criança, um adolescente, um adulto ou um idoso. Nas edições presenciais dos anos anteriores, nós tivemos participação de todas as faixas etárias. O público-alvo são todas as pessoas que querem entrar no universo maker e despertar a iniciativa de fazer com as próprias mãos”, diz Marcos Vinicius.

Embora o evento não possa ser realizado presencialmente desta vez, Marcos Vinícius acredita que a versão online amplia o alcance do trabalho. "Uma pessoa do nordeste pode assistir uma oficina aqui de Londrina e nós podemos ver uma de Manaus. A gente pode alcançar pessoas que não teriam a possibilidade de estar conosco.”

Toda a programação do Maker Day Brasil é gratuita e terá transmissão pelo YouTube. Você pode se inscrever neste link para receber lembretes de cada atividade por e-mail ou WhatsApp.

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Conteúdo relacionado: