Alemão admite equipe apática contra o FC Cascavel

por Tiago Santos - Estagiário*
   

Depois da derrota do Londrina para o FC Cascavel por 3 a 1, neste domingo (8), pelo Paranaense, o técnico Alemão reconheceu a passividade da equipe ao longo de toda a partida. Segundo o treinador do Alviceleste, o time da casa teve muito espaço para jogar e o LEC deveria ter sido mais ativo na marcação.

Para Alemão, "embora o Cascavel seja uma equipe muito bem organizada, o nosso time esteve muito abaixo do esperado. Foi uma noite para a gente esquecer, o Cascavel teve domínio total do jogo.”

Observando o desempenho fraco, o técnico fez duas alterações ainda na primeira etapa, quando o FC Cascavel vencia por 1 a 0. Miullen e Júlio Rusch entraram nos lugares de Gabriel Barbosa e Matheus Olavo.

"Eu precisava fazer alguma coisa para movimentar a equipe na marcação. É ruim mexer no 1º tempo, mas era o que tinha para fazer. Eu não podia esperar mais. Aliás, eu até demorei. Deveria ter feito com 25 minutos. Mas aí você não quer queimar o jogador”, explicou Alemão.

O Londrina buscou o empate aos 18 minutos do segundo tempo, mas os anfitriões voltaram a liderar o placar aos 27. Para Alemão, esse gol foi o "balde de água fria” que definiu o jogo. O terceiro gol do FC Cascavel saiu já nos acréscimos.

"A gente sabe que o time tem algumas dificuldades, mas a gente sempre espera mais. Contra o Paraná, eles começaram mal, depois equilibraram o jogo, mas hoje não. A jogada do nosso gol de empate foi até bem trabalhada, mas foi a única do jogo”, analisou Alemão.

Próximos duelos

O goleiro Matheus Albino, suspenso por cartões amarelos, está fora da próxima partida, contra o Operário. Entretanto, Alemão afirma que os lesionados Alan (para o lugar de Matheus Albino) e Rafael Assis, podem estar de volta para o jogo de domingo (15), no estádio do Café.

"O Alan já vem se queixando de uma dor no joelho há mais ou menos um mês e estava treinando. Lesão de menisco, às vezes o cara consegue jogar. Vamos avaliar nesta semana se ele pode ir para o jogo ou para o banco. Quanto ao Rafael Assis, a tendência é que ele já consiga voltar ao trabalho na quarta-feira. Provavelmente, estará disponível para jogar no domingo”, disse o técnico.

Faltando uma rodada para a definição dos classificados para a próxima fase, o FC Cascavel aparece em 3º lugar e o Londrina em 6º. Essa situação colocaria os times frente a frente nas quartas de final.

O treinador do LEC acredita que a maior lição a ser levada pelo elenco para esse possível confronto é "entrar no campo e dar a vida pelo jogo. Eles foram muito mais aguerridos que a nossa equipe.”

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Conteúdo relacionado: