Palmeiras enfrenta Vasco em reencontro com Vanderlei Luxemburgo

por Folhapress
   
Carlos Gregório/Vasco da Gama

Palmeiras e Vasco se enfrentam nesta terça-feira (26), às 20h, no Allianz Parque, em duelo atrasado da primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Será o primeiro encontro do time alviverde com Vanderlei Luxemburgo, demitido em outubro e hoje com a responsabilidade de garantir a permanência do Cruz-maltino na elite brasileira.

O Palmeiras optou por dar folga à maioria de seus jogadores por causa da final da Libertadores contra o Santos, no dia 30, no Maracanã. Apenas o goleiro Weverton e o volante Danilo devem ser utilizados pelo técnico Abel Ferreira. O Alviverde também não terá Emerson Santos, suspenso, além de Wesley e Luan Silva, que se recuperam de lesões.

Diante do Vasco, um problema que o Palmeiras precisa resolver é a falta de pontaria. Mesmo na vitória por 3 a 0 sobre o River Plate, na Argentina, o time já lamentou ter perdido chances claras, praticamente embaixo da trave. Na atual sequência de tropeços contra Grêmio, Flamengo e Ceará, o filme se repetiu, e Abel Ferreira busca explicações às vésperas da final da Libertadores.

"A eficácia é determinante e faz diferença no resultado final. Se não estivéssemos criando [chances], teria de rever os processos, ver como abrir caminhos, mas sabemos que em 90 minutos não vamos ter 10 chances claras. Vamos ter três ou quatro e precisamos fazer duas. Tínhamos de ter mais uma para empatar. São circunstâncias, criamos contra o Flamengo também oportunidades flagrantes. Hoje [domingo] não entraram, mas na hora certa vão", afirmou o técnico.

O Verdão teve uma grande chance desperdiçada na derrota para o Ceará com Gabriel Veron, em rebote do goleiro Richard, na pequena área, quando ainda estava 1 a 0 para o Vozão. Gabriel Silva também teve oportunidades e não marcou.

Contra o Flamengo, Willian teve uma oportunidade parecida no 0 a 0, mas mandou para fora - o Palmeiras acabou perdendo por 2 a 0. No empate com o Grêmio em 1 a 1, foram três bolas na trave na primeira etapa.

A equipe precisa tomar como base o desempenho ofensivo na goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians: foram 15 finalizações, sendo nove no alvo, de acordo com o Sofa Score. No domingo, o Palmeiras tentou mais conclusões que o Ceará (12 a 9), mas acertou o gol em apenas quatro delas. Luiz Adriano é um dos jogadores mais precisos da equipe e foi poupado no Castelão.

Com 51 pontos, o Palmeiras ocupa a quinta colocação e está 11 pontos atrás do líder Internacional, o que deixa distante a chance pelo título nacional.

O Vasco, por sua vez, vem de boa vitória sobre o Atlético-MG, em casa, por 3 a 2. O time cruz-maltino ocupa o 15º lugar, com 35 pontos e ainda luta contra o rebaixamento -está três pontos à frente do Bahia, que é o primeiro time do grupo dos quatro últimos colocados. O desfalque carioca é o zagueiro Ricardo Graça, que se recupera de apendicite.

PALMEIRAS

Weverton; Mayke, Kuscevic, Alan Empereur, Esteves; Danilo, Zé Rafael (Felipe Melo), Lucas Lima; Breno Lopes, Willian, Gabriel Silva. T.: Abel Ferreira

VASCO

Fernando Miguel; Léo Matos, Marcelo Alves, Leandro Castan, Henrique; Bruno Gomes, Léo Gil, Benítez; Yago Pikachu, Talles Magno, Germán Cano. T.: Vanderlei Luxemburgo

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Horário: 20h desta terça-feira

Juiz: Anderson Daronco (RS)

Conteúdo relacionado: