Santos aposta na velocidade de Marinho e Soteldo contra o Inter

por Folhapress
   
Reprodução / Instagram

A temporada 2020 do Santos está longe de ser brilhante, mas os números da equipe enquanto teve em campo os seus dois principais jogadores, Marinho e Soteldo, é animador. E por isso, a aposta do time paulista recai sobre seus velocistas diante do Internacional, nesta quinta-feira (13), às 19h30, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem contar os minutos em inferioridade numérica, o Santos marcou quatro gols e não sofreu nenhum com Marinho e Soteldo em campo. O time alvinegro não conseguiu repetir nesta temporada o que Marinho chamou de "trio embaçado" de ataque, com ele, Soteldo e Sasha, devido ao desempenho em 2019 -os três foram responsáveis por um terço dos gols no ano passado.

Soteldo esteve na seleção venezuelana no início do ano, e Marinho ficou longe dos gramados por lesão sofrida na estreia, retornando apenas após o retorno dos campeonatos que haviam sido paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus.

Sasha já havia entrado na Justiça ao pedir rescisão contratual. Ainda assim, o Santos tem visto Marinho e Soteldo crescerem em importância sem o centroavante que completava o trio.

Foram apenas três jogos em que o Alvinegro conseguiu contar com ambos sem que estivesse com um jogador a menos - já que o clube teve uma sequência de quatro jogos consecutivos com expulsões. Foram 52 minutos contra o Novorizontino, 43 diante da Ponte Preta e 80 minutos no duelo com o Red Bull Bragantino.

No período citado diante da equipe de Novo Horizonte, o Peixe vencia por 2 a 0, até que teve Uribe expulsou e levou a virada. Diante da Ponte Preta o placar apontava 1 a 0 para o Santos, mas Marinho acabou expulso e o time foi eliminado do Paulistão, perdendo por 3 a 1.

Já na estreia no Brasileiro, contra o Red Bull Bragantino, o Peixe vencia por 1 a 0 quando Marinho deixou o campo sentindo dores: o empate do adversário saiu aos 48 minutos do segundo tempo.

Assim, com os dois em campo e sem nenhum jogador expulso, o Santos tem média de um gol marcado a cada 43 minutos, além de seguir com a meta invicta. A única outra partida em que Soteldo e Marinho atuaram juntos na temporada foi diante do Santo André, mas o Peixe já tinha a inferioridade numérica quando Marinho entrou, aos 15 do segundo tempo.

Marinho e Soteldo são as referências técnicas da equipe. O camisa 11 é o artilheiro do Peixe na temporada com quatro gols em apenas cinco jogos disputados. Já o ponta venezuelano, eleito para a seleção do Estadual, é o líder de assistências do time no ano, com três, ao lado do lateral Felipe Jonatan.

Para encarar o Inter, o técnico Cuca não deve promover alterações em relação ao empate contra o Bragantino na estreia. Kaio Jorge segue no comando do ataque, com o meio-campo formado por Alison, Pituca e Carlos Sánchez.

Já o Inter vem de uma vitória fora de casa, obtida sobre o Coritiba, por 1 a 0. A novidade é o retorno de Thiago Galhardo e Boschilia ao time titular -eles haviam sido poupados pelo técnico Eduardo Coudet depois do desgaste na reta final do Campeonato Gaúcho.

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Fuchs, Cuesta, Moisés; Rodrigo Lindoso, Bruno Praxedes, Boschilia, Thiago Galhardo, Marcos Guilherme; Paolo Guerrero. T.: Eduardo Coudet

SANTOS

Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres, Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez; Marinho, Kaio Jorge, Soteldo. T.: Cuca

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Horário: 19h30 desta quinta-feira

Juiz: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Conteúdo relacionado: