'Tive falta de ar por 25 minutos', diz Pepe Reina sobre Covid-19

por ANSA
   

O goleiro Pepe Reina, que defende atualmente o Aston Villa, da Inglaterra, foi mais um atleta que contraiu o novo coronavírus (Sars-CoV-2). O espanhol de 37 anos contou nesta terça-feira (31) sobre como é conviver com a doença. De acordo com o goleiro, o pior momento da sua dramática experiência foi quando sentiu falta de ar.

Reprodução / Instagram

"Estava isolado desde que senti os primeiros sintomas do vírus. Tive febre, tosse, dor de cabeça, que não passava, e me sentia cansado. Fiquei assustado quando tive dificuldades em respirar durante 25 minutos, como se a minha garganta estivesse fechada e o ar não passava. Os primeiros sete ou oito dias passei fechado em casa", contou o atleta em uma entrevista ao jornal italiano "Corriere dello Sport".

Reina disputa sua primeira temporada no Aston Villa, que luta contra o rebaixamento no Campeonato Inglês. O goleiro também já vestiu as camisas do Barcelona, Villarreal, Liverpool, Napoli, Bayern de Munique e Milan, bem como da seleção espanhola.

Além dele, diversos ourtos atletas e ex-jogadores já contrairam o novo coronavírus, como Daniele Rugani, Paulo Dybala, Ezequiel Garay, Mikel Arteta e Paolo Maldini.

Conteúdo relacionado: