Comentarista do UFC pede criação de categoria para ver Cyborg campeã

por Redação Bonde
   

O comentarista do UFC, Joe Rogan, utilizou as redes sociais para pedir ao Ultimate a criação da categoria peso pena feminino para que a curitibana Cris Cyborg possa lutar e ser campeã. A brasileira entrou no octógono no sábado, dia 24, em Brasília, no peso casado até 63,5kg e venceu Lina Lansberg no segundo round por nocaute técnico.

Reprodução/UFC

Na ocasião, Rogan alertou para o perigo de lutadores fazerem cortes de peso muito agressivos ao corpo já que que Cyborg teve de cortar 11kg em cinco dias. "Por favor, UFC, abra a categoria peso pena para Cyborg. Ela se torturando para bater 63,5kg é insano e ela é incrivelmente empolgante. O MMA feminino está crescendo e isso seria incrível se tivessem mais divisões de peso. Acho que se o UFC abrir mais divisões o nível de talento iria crescer como nunca. O nível de talentos na divisão está crescendo e Cyborg seria uma grande campeã", escreveu.

Cris Cyborg já fez duas lutas no UFC em peso casado, até 63,5kg. O UFC atualmente não considera criar uma categoria peso pena feminino.