Sem boxe na pandemia, Esquiva Falcão entrega pizzas feitas pela esposa

por Folhapress
   

O boxeador Esquiva Falcão, medalhista de prata na Olimpíada de Londres-2012, celebra o sucesso de seu novo negócio, criado durante a pandemia de Covid-19 junto com a

esposa, Suelen.

Reprodução / Instagram

Sem poder lutar atualmente, o atleta de 30 anos resolveu entregar minipizzas feitas por ela, em Vila Velha, no Espírito Santo, onde moram com os dois filhos. "Vários pedidos. Obrigado, galera. Agora é juntar dinheiro para comprar uma máquina para deixar a massa pronta, porque ela está fazendo eu beijar a lona", escreveu o boxeador em seu perfil no Instagram.

Dono de um cartel invicto, com 26 lutas e 26 vitórias no boxe profissional, Esquiva lutou pela última vez no dia 1º de março, uma vitória sobre o argentino Jorge Miranda.

"Vou entregar a minipizza na sua casa e bater uma foto com você", disse o lutador ao fazer propaganda do negócio. Cada unidade é vendida por R$ 3,50. A entrega é feita na região de Vila Velha.

Em março, o brasileiro havia chamado atenção ao colocar à venda por R$ 50 mil a medalha de prata conquistada em Londres. O capixaba foi vice-campeão olímpico depois de perder a luta final da categoria até 75 kg para o japonês Ryoto Murata.

Conteúdo relacionado: