Fazendinha tem estande sobre educação ambiental

por Giovana Oliveira - Estagiária*
   

Nem só de negócios e diversão vive a ExpoLondrina 2019: a feira agropecuária também abre espaço para ações educativas. Na Fazendinha, a Bioma Consultoria Ambiental disponibilizou uma atividade com crianças, jovens e adultos para conscientizar sobre a coleta de lixo. A brincadeira está disponível na feira das 9h às 18h de segunda à sexta. No sábado e domingo até às 19h.

Segundo João Vinícius Santos Silva, participante do projeto de extensão da Bioma e aluno de Ciências Biológicas da UEL (Universidade Estadual de Londrina), "o projeto visa ensinar o processo do lixo e assim usar formas de reutilização que não agridam diretamente o meio ambiente".

Ariane Albuquerque

A atividade ensina que as crianças podem ajudar na preservação. "A ideia é que elas comecem a mudar o estilo de vida da família e, assim, cresçam conscientes da importância do meio ambiente. Aqui, iremos mostrar que a garrafa pet, o rolo de papel higiênico, as caixas de pizza, tudo pode ser reutilizado no cotidiano", explica.

Ariane Albuquerque

Os adultos também vão aprender a economizar e conservar a cidade. O estudante ensina, por exemplo, a trocar dois litros de água sanitária por uma garrafa de cinco litros. "O prazo de validade é maior e isso reduz o número de garrafas desperdiçadas", explica. Silva também orienta a rever outros hábitos de consumo, como a adoção de detergente concentrado, que rende mais e reflete positivamente no bolso do consumidor, e a utilização de "ecobags", que evita o consumo de sacolas plásticas em mercados.

Ariane Albuquerque

Silva ressalta que a conscientização sobre a coleta de lixo não deve ocorrer somente em datas festivas e eventos especiais, como a ExpoLondrina, mas durante todo o ano, nas atitudes mais simples. "Quem sabe, assim, teremos crianças e jovens ainda mais interessados pela preservação", finaliza o estudante.

(*Sob supervisão de Luís Fernando Wiltemburg)