Prepare-se para chorar! Hoje é dia de aprender a cortar cebola

por Redação Bonde
   
Shutterstock

No terceiro episódio da série 'Se vira com o Bonde!', vamos ensinar como fazer o pré-preparo de um elemento fundamental no prato de todos os dias. Ele não é o personagem principal, mas faz a gente chorar. E muito!

A cebola é este elemento fundamental em quase todos os preparos. Porém, se não cortada corretamente, ela pode estragar o prato ou não fazer corretamente sua função.

O corte mais utilizado no dia a dia é o brunoise. O nome chique é para se referir aos cubinhos, muito conhecidos na cozinha caseira. Este corte é utilizado em pratos como arroz, feijão e na grande maioria dos refogados.

* A dica é cortar a cebola ao meio, no sentido do comprimento.

* Depois faça dois cortes paralelos na horizontal, sem chegar até o final.

* Logo, corte em tiras de cima para baixo, fazendo linhas verticais.

* E assim estará pronto para cortar contra as linhas e fazer cubos.

No curtinho vídeo abaixo, a cozinheira Rita Lobo mostra como fazer.

A brunoise é um corte chave que vai nos refogados e também no vinagrete. No entanto, para fazer bife acebolado, salada de tomates, ou cebola caramelizada, para colocar no hambúrguer, o melhor é fazer cortes meia lua.

Já o cubos maiores vão bem no sukiyaki e nos pratos em que a cebola deve ser sentida com mais textura.

As rodelas são típicas para empanar e fritar, como as famosas onion rings.

É legal ousar na cozinha, tentar descobrir novos sabores e testar para ver como os cortes fazem a diferença no resultado do prato.