Você sabe como saborear uma vodka? Veja estas dicas!

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Por conta do isolamento gerado pela quarentena, muitos brasileiros trocaram as mesas de bares pelo sofá e conforto de suas casas como única maneira de continuarem a consumir seus drinks favoritos, fazendo com que as vendas online de bebidas alcoólicas aumentassem significativamente. Fato que vem gerando muitos debates acerca de seu consumo excessivo durante o isolamento.

Divulgação

No entanto, ao contrário do que muitos alegam, a bebida pode ser uma grande aliada em tempos como este, se consumida com moderação e criatividade. A vodka, como destilado, é muito apreciada em sua forma pura, contudo sua versatilidade permite uma infinidade de combinações no preparo de drinks, além de ser mundialmente utilizada na elaboração de pratos e sobremesas.

Em forma de drinks refrescantes durante o dia, como aperitivo antes das refeições, utilizada como ingrediente de pratos mais elaborados ou em bebidas quentes para se aquecer em noites frias em frente à TV, a vodka vai bem com tudo. "Muitas pessoas estão usando seu tempo ocioso na quarentena para trabalharem sua criatividade e aprenderem coisas novas na internet. A vodka tem sido bastante utilizada para esse fim, uma vez que combina com tudo e há muitos canais voltados à elaboração de drinks e pratos à base do destilado.” - explica Albert Lifschitz, sócio proprietário da Vodka Svarov.

Para quem gosta de apreciá-la pura, é recomendado prestar atenção a algumas dicas importantes, de modo a evitar os incômodos relacionados ao consumo excessivo de álcool. ”Para evitar a embriaguez, é recomendado beber lentamente, sempre em pequenas doses, para que o organismo consiga metabolizar o álcool que está sendo ingerido. Já para evitar as fortes dores de cabeça, além de alternar um copo de vodka com um copo de água, é importante optar por uma bebida de procedência, que utilize em sua composição ingredientes selecionados, de qualidade, ao invés de um produto com um preço bem inferior. Nossa vodka é conhecida justamente por isso, não há a possibilidade de ressaca”, diz Fernando Miguel, diretor técnico da Svarov.

Conteúdo relacionado: