Conheça 5 plantas que são tóxicas para os gatos

por Caroline Knup - Estagiária*
   

Uma casa florida e repleta de plantas decorativa traz muitos benefícios para a saúde dos seres humanos, além de trazer beleza estética aos ambientes. Entretanto, tutores de gatos e cachorros precisam ficar atentos, já que algumas plantas podem ser tóxicas e prejudicar a saúde dos animais.

Reprodução/Pixabay

O principal meio de evitar que os animais se intoxiquem com as plantas é impedir que eles cheguem perto das flores. Contudo, cachorros e gatos são rápidos e muitas vezes agem em silêncio, de modo que o tutor não consegue perceber que eles já podem estar próximos do perigo. Por isso, é importante estar atento aos sinais de intoxicação, uma vez que, quando percebidos, é possível levar o animal para receber atendimento veterinário.

Os principais sintomas de intoxicação por plantas nos animais são:

• Vômito;

• Diarreia;

• Irritações e alergias na pele;

• Convulsões (em casos mais graves).

No caso dos gatos, é preciso considerar que os sintomas podem variar de acordo com a idade, com a raça e com as condições gerais de saúde, bem como a quantidade de planta ingerida.

Mas, afinal, quais são as plantas tóxicas para os gatos?

Existem muitas plantas e flores que possuem substâncias tóxicas para os felinos. Abaixo você encontra as cinco plantas principais nas casas dos tutores brasileiros. Veja:

Lírios

Os lírios são comuns, principalmente, em arranjos e cestas e, por isso, podem ser encontrados pela casa quando o tutor recebe um presente decorado com essas flores. Apesar de ser linda e exótica, a planta representa um grande perigo para os felinos, já que todas as suas partes são venenosas.

A intoxicação por lírio pode causar dificuldade de engolir, problemas respiratórios e até mesmo convulsões graves nos gatos. Desse modo, essa planta não é indicada para os tutores de felinos. Caso o dono queira ter, é preciso colocar a flor em um local onde o animal não terá fácil acesso.

Comigo-ninguém-pode

O nome da comigo-ninguém-pode já é bem sugestivo e indica que a planta é bem perigosa. Essa flor não é tóxica só para os felinos, como também para cachorros e até crianças. A intoxicação por comigo-ninguém-pode causa dor, irritação e dificuldade para engolir nos gatos.

Bico-de-papagaio

O bico-de-papagaio é uma bela flor e está presente em decorações natalinas por conta de suas tonalidades em vermelho e verde. Apesar da beleza, tutores de gatos precisam ficar atentos, já que essa planta apresenta uma toxina poderosa contra os felinos.

O contato com as folhas de bico-de-papagaio pode causar irritação na pele dos animais e, quando ingerida, as reações são ainda piores, já que podem incluir problemas digestivos graves e muitas dores.

Violeta

A violeta é uma das flores mais encontradas nas casas dos brasileiros. Conhecidas por suas variadas cores, essas plantas podem trazer um enorme prejuízo para a saúde dos felinos quando ingeridas. Quando os gatos comem a violeta, podem sofrer com diarreias, vômitos e até problemas respiratórios graves.

Copo-de-leite

O copo-de-leite é comumente encontrado nas casas dos brasileiros, principalmente em datas comemorativas como o Dia das Mães, já que é muito utilizado como presente. Apreciada pelos decoradores pela beleza estética de suas cores, a flor precisa ser mantida longe de gatos e até mesmo de crianças. Isso porque todas as partes da planta são tóxicas e podem causar salivação excessiva e dificuldades para engolir.

O que fazer caso ocorra intoxicação?

Mesmo com o conhecimento de quais plantas são tóxicas para os felinos, é possível que acidentes ocorram. Por isso, é importante que o tutor saiba como agir em caso de intoxicação. O primeiro passo a ser tomado é levar o gato até o veterinário para uma consulta de emergência.

O tutor nunca deve oferecer soluções e produtos caseiros para tentar amenizar o quadro do animal, já que a ingestão de algumas substâncias podem prejudicar ainda mais o estado dos gatos.

(Com informações do Petz.)

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Conteúdo relacionado: