Gato concorre a prêmio de cidadão do ano na Nova Zelândia

por Sílvia Haidar - Folhapress
   
Reprodução/Instagram

Um gato que vive nas ruas de Wellington, capital da Nova Zelândia, concorre ao prêmio de cidadão do ano com importantes personalidades neozelandesas, como a primeira-ministra, Jacinda Ardern, e o secretário de Saúde, Ashley Bloomfield, que lideraram a luta contra a Covid-19 no país e obtiveram um dos melhores resultados de combate ao novo coronavírus no mundo.

Criada em 2010, a premiação The Kiwibank New Zealander of the Year Award homenageia neozelandeses que contribuíram para o país e se destacaram em diversas áreas, como ciência, negócios, artes, envolvimento cultural ou comunitário, esporte, educação e saúde. O vencedor deste ano será anunciado no dia 18 de março de 2021.

Outros indicados de destaque a neozelandês do ano são a microbiologista Siouxsie Wiles, a parlamentar Chlöe Swarbrick, o jornalista Patrick Gower e o líder do partido ACT David Seymour. Todos eles envolvidos no combate à pandemia do coronavírus.

Mittens (ou "luvinhas", em português) é um bichano angorá de dez anos. Ele é um gato comunitário, ou seja, apesar de não ter um tutor fixo, é cuidado pelos moradores locais.

Simpático, Mittens interage com todos e, sem fazer cerimônia, entra, dorme e come em lojas, cafés, casas, universidades e até em igrejas da região.

A fama do felino se espalhou em 2018, ano em que vários moradores preocupados com o seu bem-estar levaram o bichano, em diferentes ocasiões, a unidades de polícia e abrigos de animais. Os funcionários, já familiarizados com Mittens, explicavam que se tratava de um gato comunitário.

Foi nessa época que um funcionário da ONG SPCA (Society for the Prevention of Cruelty to Animals, Sociedade para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais, em português) decidiu criar um grupo para ele no Facebook, para que as pessoas pudessem postar fotos, mostrar onde e como está Mittens e também acompanhar a rotina dessa celebridade local. Atualmente, a página The Wondrous Adventures of Mittens tem 59 mil seguidores.

No início deste ano, o gato recebeu a chave da cidade -uma honraria que já foi dada a personalidades neozelandesas como Peter Jackson, diretor da trilogia "O Senhor dos Anéis".

Mittens também já foi tema de uma exposição chamada "Floofy and Famous", em um museu de Wellington.

Conteúdo relacionado: