GM de Arapongas presta homenagem ao cão Max

por Caroline Knup - Estagiária*
   

A GM (Guarda Municipal) de Arapongas (região metropolitana de Londrina) prestou homenagem ao cachorro Max, que morreu no último sábado (29). Em postagem na rede social Facebook, a GM contou que o cão chegou ao canil em 2010 por meio de uma doação. A família tutora do cão o doou porque considerava seu temperamento agressivo e temia a ocorrência de algum acidente.

Reprodução/Facebook

Ao chegar ao canil da GM, Max recebeu treinamento. "Dia após dia, ele foi evoluindo e se mostrando um verdadeiro companheiro de trabalho, participando de diversas operações com sucesso", diz trecho da publicação no Facebook.

Em meio à rotina de trabalho, o cão participou de diversos eventos e, em um deles, foi descrito por um palestrante dos Estados Unidos como "o melhor Rottweiler de trabalho" que ele já havia visto.

"Por muito tempo foi o principal cão de nosso canil na modalidade de patrulha", afirma a legenda da postagem. Max trabalhou com os guardas municipais em Arapongas até 2018, quando se aposentou e foi adotado pelo GM Lourenço.

Na publicação, a GM explica que Max morreu devido à idade no último sábado (29). "Descanse em paz nosso parceiro e amigo leal. Gratos por fazer parte da nossa corporação", finaliza a legenda.

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Conteúdo relacionado: