GM de Londrina presta apoio no resgate de animal silvestre com risco de extinção

por N.com
   
Divulgação/GM

Um filhote de gato-mourisco foi resgatado por uma equipe da Guarda Municipal de Londrina, através do Grupamento Rural, após receber via aplicativo de mensagens, a informação de que o felino teria entrado na residência de um munícipe no final da manhã de quarta-feira (15) no distrito de Irerê, zona sul. Os guardas municipais foram até o local e identificaram que se tratava de um mamífero da fauna silvestre ameaçado de extinção.

De acordo com o supervisor da área Rural, Diego Ribeiro, a equipe prontamente fez algumas manobras para conseguir recolher o felino. "Após a identificação, nossa equipe fez o recolhimento do animal em uma caixa específica e encaminhou ao centro veterinário para os cuidados necessários. Foi nos informado que posteriormente os profissionais iriam verificar a possibilidade de devolver o animal ao seu habitat”, informou.

O gato-mourisco (Puma Yagouaroundi) é um felino que está na lista de espécies da fauna brasileira ameaçada de extinção, segundo o ICMBio. Ele pode ser encontrado desde os Estados Unidos até a América do Sul, o tamanho pode variar de cerca de 60 cm de comprimento, 45 cm de cauda e pesa em média 6 kg.

Conteúdo relacionado: