Raça de gatos com pelos encaracolados faz sucesso na internet

por Redação Bonde
   

Nas últimas semanas, fotos de um gatinho com pelos encaracolados circularam na internet e ganharam o coração dos usuários das redes sociais. O felino pertence à raça Selkirk Rex e é raro! Todos já viram gatinhos com pelos curtos, longos e lisos, mas com certeza essa é a primeira vez que muitos se deparam com um bichano de pelo enrolado.

Reprodução/Twitter

As fotos foram postadas na rede social Twitter e chamaram tanta atenção que algumas pessoas até pensaram se tratar de uma montagem. "Nunca tinha visto gatos com pelo enrolado, até agora", escreveu o dono do post. Apesar da descrença, é tudo verdade: além da Selkirk Rex, existem ainda outras três raças de gatos com pelos encaracolados.

De acordo com o site The Dodo, o felino que aparece nas fotos tem a característica por conta de sua mãe, Miss DePesto, que foi encontrada em um abrigo. A gatinha era diferente de seus irmãos, que apresentavam pelos lisos e comuns. A mãe do filhote, entretanto, sempre teve pelos semelhantes ao de uma ovelha, o que chamava atenção. Por isso, não demorou muito até que fosse adotada por Jeri Newman, um criador de gatos Persa.

Depois de adotada, Miss DePesto ganhou uma casa confortável e muitos amigos. Com o passar do tempo, seu novo tutor decidiu cruzá-la com um gato Persa. Da união nasceram seis filhotes, sendo que três deles apresentaram os pelos encaracolados. Um deles é o laranjinha que aparece nas fotos.

Reprodução/Twitter

Com essa proporção de filhotes com a característica rara, Newman concluiu que o gene capilar de Miss DePesto é dominante. Isso significa que novos cruzamentos de raça podem ser feitos sem medo, já que a característica não será perdida ao mesmo tempo em que uma nova raça pode ser criada.

Os gatos da raça Selkirk Rex são conhecidos como 'gatos poodle', uma vez que são dóceis, fáceis de lidar e extremamente amigáveis. Toda a história chama atenção pelo fato de Miss DePesto ter sido adotada: se Newman não tivesse dado atenção a ela, a descoberta não teria sido feita e seria ainda mais raro se deparar com as fotos desses encaracolados adoráveis.

Reprodução/Twitter