Estalar os dedos pode ser prejudicial para as articulações?

por Folhapress
   

Se você é daquelas pessoas que estala os dedos por hábito ou para aliviar o estresse e se pergunta se puxá-los ou dobrá-los tanto pode causar algum mal, não se preocupe: suas articulações, cartilagens e os ligamentos estão seguros.

iStock

O barulho do estalar de dedos está associado à movimentação do líquido sinovial que nutre as articulações. O som do estalar, portanto, é natural.

A ação também não engrossa os dedos, como muitos pensam.

Mesmo que a ação em si não seja prejudicial para o corpo, ela pode ser um sinal de que há algum outro problema na área em questão.

O médico Carlos Fernandes, especialista em mão e membro da Sbot (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), afirma que é preciso observar se há inchaço, vermelhidão e alteração de temperatura no local, o que pode indicar algum outro problema de saúde.

"Existe um problema chamado dedo em gatilho que, em sua fase inicial, provoca algo próximo ao estalo de dedos", afirma o especialista.

A doença dedo em gatilho não tem causa conhecida é é frequente entre pessoas com artrite reumatoide ou diabetes. Com ela, o dedo trava em uma posição dobrada quando um dos tendões que flexiona o dedo se inflama ou incha, geralmente com uma área redonda e elevada na palma da mão.

Além do dedo em gatilho, o estalar também pode estar associado a problemas como desgaste na articulação dos dedos ou algum tipo de reumatismo.

Em resumo, estalar os dedos não é um problema, mas deve-se manter atenção para casos em que a ação é acompanhada de muita dor ou incômodo. Também é preciso ficar atento para não estalar os dedos for feito de modo compulsivo, o que aumenta os riscos de causar frouxidão ligamentar e até uma doença articular degenerativa.

Nesses casos, o melhor a se fazer é procurar por um ortopedista.

Conteúdo relacionado: