Sobreviventes da Covid-19 podem ter de insuficiência renal a perdas cognitivas

por Everton Lopes Batista e Ana Bottallo - Folhapress
   

Além do pulmão, como o vírus afeta rins, cérebro e coração?

Reprodução/Pixabay

Após quase seis meses desde o primeiro caso em Wuhan, na China, e mais de cinco milhões de seres humanos afetados, a Covid-19 continua a desafiar médicos e especialistas.

Vista no início como uma pneumonia, a doença, sabe-se hoje, tem efeitos em vários órgãos do corpo, não apenas no pulmão.

Isso ocorre porque a via de entrada do vírus nas células, os receptores conhecidos como enzima conversora da angiotensina 2 (ECA2), está presente em diversos sistemas do corpo, não apenas o respiratório. Intestino, rins e vasos sanguíneos também possuem ECA2 em suas células.

Segundo a National Kidney Foundation, instituição de pesquisa e apoio a doentes renais dos Estados Unidos, entre 3% e 9% dos pacientes de Covid-19 desenvolvem insuficiência renal aguda e, em alguns casos, necessitam de diálise.

Já foram publicados também alguns casos de inflamação no tecido cerebral, chamada de encefalite.

Arritmias, miocardites - inflamação do miocárdio - e comprometimentos semelhantes a pequenos infartos são alguns dos sintomas relatados em pacientes internados com Covid-19.

Conteúdo relacionado: