Arapongas registra morte de servidora e mais 65 novos casos de Covid

por Redação Bonde e Assessoria de Imprensa
   
Arquivo/ Grupo Folha

A Prefeitura de Arapongas, através da Secretaria Municipal de Saúde, informou na quinta (14), o registro de 65 novos casos, 43 curados e 1 óbito por Covid-19 no município. Trata-se de Elizene de Oliveira da Cruz, 54, que era auxiliar de enfermagem da UBS Petrópolis. Ela faleceu na noite de quarta-feira, 13, em decorrência da Covid-19.

Agora o município chega a 8.062 casos dos quais 7.157 já estão recuperados (88,8%), 746 ainda estão com a doença e 159 vieram a óbito. Ao todo, já foram realizados 36.322 testes.

O município possui 620 casos que aguardam resultados. Entre os resultados dos testes públicos e privados realizados no município, foram divulgados 38 resultados negativos nesta data.

Os resultados abaixo divulgados, em sua maioria, são provenientes de exames realizados a partir do dia 6 dezembro.

Entre os 65 casos confirmados, 31 são mulheres com as respectivas idades: 19, 21, 25, 28, 29, 31, 31, 33, 33, 33, 33, 33, 33, 35, 35, 35, 36, 36, 37, 38, 41, 46, 48, 51, 53, 68, 68, 69, 78, 78 e 93 anos.

Foram diagnosticados 34 pacientes homens com as respectivas idades: 02, 08, 08, 09, 11, 16, 18, 21, 22, 22, 25, 26, 30, 30, 32, 34, 34, 36, 36, 40, 40, 42, 43, 43, 44, 44, 45, 47, 50, 54, 54, 56, 62 e 63 anos.

Referente aos pacientes de Arapongas com Covid-19, o município possui 06 pacientes internados em leitos de UTI e 08 pacientes internados em leito de enfermaria. A ocupação informada pelo hospital hoje é de 40% dos 40 leitos de UTI e de 47,5% dos 40 leitos de enfermaria.

Referente aos leitos hospitalares em Arapongas, houve aumento dos leitos exclusivos para COVID-19 do Hospital de referência pela SESA-PR a partir de 01 de janeiro de 2021. O Hospital conta atualmente com 40 leitos de UTI e 40 leitos de enfermaria.

A Secretaria de Saúde de Arapongas reforça a importância de que a população siga as orientações dos especialistas, mantendo os cuidados de higiene, usando máscaras e evitando aglomerações, inclusive em festas e confraternizações familiares.

Conteúdo relacionado: