Brasil tem 685 mortes e mais de 26 mil infectados por Covid-19 em 24 horas

por Folhapress
   

O Brasil registrou 685 mortes de infectados de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo relatório de veículos de imprensa, com dados das secretarias estaduais de saúde. O país já acumula 87.737 em razão da pandemia, que infectou 2.446.397 pessoas.

Nesta segunda (27), foram 26.496 novos casos registrados no Brasil.

AEN-PR

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo, G1 e UOL para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h.

Além dos dados diários, a Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

A média móvel registrada nesta segunda foi de 1.069, maior do que a das últimas semanas.

O Brasil tem uma taxa de cerca de 41 óbitos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortes, e o Reino Unido, ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 44 e 68 mortes para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

Balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta segunda-feira (27) mostra que o Brasil registrou 23.284 casos e 614 mortes confirmadas por Covid-19 na últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, o país acumula 87.618 mortes e 2.442.375 casos da nova doença. Entre os estados, São Paulo ainda soma o maior número total de registros - são 487.654 casos e 21.676 mortes.

Em seguida na lista, aparecem Ceará, Rio de Janeiro e Bahia. Os dados mostram que no total há 1.667.667 pessoas que se curaram da doença.

Conteúdo relacionado: