Com 11 mortes, Londrina tem novo recorde de mortes por Covid-19

por Redação Bonde
   
iStock

A Secretaria Municipal de Saúde registrou 11 óbitos em decorrência das complicações da Covid-19 no boletim desta sexta-feira (22). Este é o maior número de mortes pela doença registrado em Londrina desde o início da pandemia. Com as confirmações, a cidade atinge 536 óbitos. Veja os perfis:

- Mulher, 85 anos, internada em hospital filantrópico em 11/12, com swab positivo para coronavírus em 03/01. Evolui a óbito em 02/01. Paciente tinha comorbidades.

- Homem, 73 anos, internado em hospital filantrópico em 09/01, com swab positivo para coronavírus em 01/01. Evolui a óbito em 18/01. Paciente tinha comorbidades.

- Mulher, 87 anos, internada em hospital filantrópico em 15/01, com swab positivo para coronavírus em 07/01. Evolui a óbito em 18/01. Paciente tinha comorbidades.

- Mulher, 68 anos, internada em hospital privado em 08/01, com swab positivo para coronavírus em 31/12. Evolui a óbito em 20/01. Paciente tinha comorbidades.

- Homem, 69 anos, internado em hospital público em 19/01, com swab positivo para coronavírus em 21/01. Evolui a óbito em 20/01. Paciente tinha comorbidades.

- Mulher, 74 anos, internada em hospital público em 11/01, com swab positivo para coronavírus em 05/01. Evolui a óbito em 20/01. Paciente não tinha comorbidades.

- Homem, 78 anos, internado em hospital filantrópico em 16/01, com swab positivo para coronavírus em 18/01. Evolui a óbito em 20/01. Paciente tinha comorbidades.

- Mulher, 66 anos, internada em hospital público em 14/01, com swab positivo para coronavírus em 05/01. Evolui a óbito em 21/01. Paciente tinha comorbidades.

- Homem, 68 anos, internado em hospital filantrópico em 14/01, com swab positivo para coronavírus em 07/01. Evolui a óbito em 21/01. Paciente tinha comorbidades.

- Homem, 76 anos, internado em hospital público em 23/12, com swab positivo para coronavírus em 23/12. Evolui a óbito em 21/01. Paciente tinha comorbidades.

- Mulher, 86 anos, com swab positivo para coronavírus em 14/01. Evolui a óbito em 21/01. Paciente tinha comorbidades.

Em relação ao número de novos casos, foram mais 409 e o total de infectados na cidade pela Sars-CoV-2 é de 27.569. A média móvel de novos casos confirmados nos últimos sete dias é de 312,9. Durante a semana, três boletins registraram o maior número de novos casos no município, sendo 405 no dia 20, 405 no dia 21 e 409 nesta sexta.

Londrina tem 421 casos ativos, dos quais 317 estão em isolamento domiciliar e 104 internados. Dos pacientes que ocupam leitos, 42 estão em UTI e 62 em enfermarias.

Por outro lado, 441 pessoas foram consideradas curadas no último informativo da Secretaria de Saúde e o total de recuperados na cidade é de 26.612.

Do total de leitos disponíveis em Londrina, a taxa de ocupação na enfermaria é de 54%. Já na UTI adulta, o índice é de 73% e na pediátrico é de 70%.

Conteúdo relacionado: