Com quatro funcionários com Covid-19, UBS de Cambé é interditada

por Luís Fernando Wiltemburg - Grupo Folha
   

A UBS (Unidade Básica de Saúde) Silvino, no Jardim Silvino, em Cambé, foi interditada nesta segunda-feira (20) para limpeza e desinfecção depois que quatro servidores tiveram os testes para coronavírus com resultado positivo. A unidade já passou pela limpeza e retoma os atendimentos nesta quarta (22).

Divulgação/Secretaria de Saúde de Cambé

A UBS Silvino tem 42 servidores. Segundo a assessoria de imprensa da Prefietura de Cambé, dos quatro que tiveram o teste positivo, três estão em isolamento domiciliar e apresentam bom estado de saúde. O quarto já passou pela quarentena, se recuperou e já deve retornar ao trabalho.

Os outros funcionários da unidade de saúde fizeram coleta de material para exame (swab) e os resultados são aguardados para esta terça (21) e quarta.

A UBS atende, em média, 140 pessoas por dia, no período de pandemia do novo coronavírus. Durante a interdição, os pacientes foram encaminhados para a Unidade de Pronto-Atendimento 24 horas.

Na sexta-feira (17), o pronto-socorro da Santa Casa de Cambé foi interditado por 72 horas para desinfecção por conta de um paciente com covid-19. O atendimento foi retomado às 15h desta segunda-feira.

Conteúdo relacionado: