HU de Londrina retoma gradativamente horário de visitas

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

A direção do HU/UEL (Hospital Universitário da UEL) decidiu retomar gradativamente com os horários de visitas a pacientes internados no complexo. Todas as visitas estavam suspensas desde o dia 12 de junho, por decisão da CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) e por determinação da diretoria de Enfermagem.

Ricardo Chicarelli/Arquivo FOLHA

Devido à situação epidemiológica vivida pela pandemia do novo Coronavírus, e para garantir a segurança dos profissionais da saúde e dos próprios familiares dos pacientes, foi decidido que as visitas ficariam suspensas temporariamente a partir de 12 de junho.

Segundo a Diretora de Enfermagem, Dra. Magali Godoy P. Cardoso, "a partir de agora, aos poucos, e com os devidos cuidados, o hospital irá retomar os horários de visitas, porém, com algumas mudanças e restrições”, conta.

Inicialmente as visitas serão retomadas nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). Atualmente o HU/UEL conta com 5 UTIs e cada uma delas receberá visitas um dia por semana. Por exemplo, a segunda feira, será o dia em que os pacientes internados na UTI 1 receberão suas visitas, na terça será a vez da UTI 2. A quarta será o dia reservado para os pacientes da UTI 3. Quinta, os pacientes da UTI 4 poderão rever seus familiares e a UTI 5 ficou com a sexta-feira.

As visitas foram flexibilizadas, mas as regras de circulação passam a ser rigorosas, pois o objetivo é permitir um conforto às famílias e pacientes internados. Entre as restrições e mudanças está que cada familiar, na hora da visita, será guiado por membros do serviço de Capelania Hospitalar e estagiários do projeto Brasil Conta Comigo.

Cada paciente poderá receber a visita de apenas uma pessoa (fora do grupo de risco e sem sintomas gripais) e por um tempo de 5 minutos. Ao realizar as visitas solicita-se manter unhas curtas, retirar adornos (brincos, anel, pulseira, colar, etc.), manter cabelos presos e não trazer sacolas e bolsas.

Nos finais de semana e nas enfermarias as visitas continuam suspensas por tempo indeterminado, bem com a presença de companhias, exceto em situações específicas e com autorização expressa das chefias.

Conteúdo relacionado: