Ihel de Londrina precisa de doações para repor estoque de sangue

por Caroline Knup* - Estagiária
   

Com a chegada do final de ano, existe a tendência da diminuição do número de doações de sangue em todo o Brasil. Isso porque muitos doadores viajam e os estoques não são repostos. A situação fica ainda mais preocupante porque, nessa época, é mais comum a ocorrência de acidentes de trânsito e de cirurgias agendadas, o que aumenta a demanda pelo sangue doado.

Reprodução/Facebook

Diante disso, o Ihel (Instituto de Hematologia de Londrina) alerta a população da cidade e da região para a necessidade de ser um doador. Para recuperar os estoques, o Instituto pede a doação de todos os tipos sanguíneos.

Existem alguns requisitos que precisam ser preenchidos para ser um doador, como:

- Estar em boas condições de saúde;

- Ter de 16 a 69 anos. Para menores de idade, é necessária a presença do responsável legal ou a permissão por escrito;

- Pesar 50kg ou mais;

- Não estar grávida ou amamentando;

- Não ter feito tatuagem, colocação de piercing ou maquiagem definitiva há menos de 12 meses;

- Não ter tido gripe, infecção bacteriana, febre ou tomado antibiótico nas últimas duas semanas.

Para fazer a doação, é necessário passar por uma triagem, na qual será aplicado um questionário e exames para verificar o estado de saúde do doador. Alguns critérios de exclusão podem ser detectados somente durante a entrevista. No dia da doação, é necessário apresentar um documento oficial com foto, como RG (Registro Geral) e CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Serviço:

Ihel - Instituto de Hematologia de Londrina

Endereço: Rua Senador Souza Naves, nº 667 - Centro

Horário de atendimento: 8h às 17h30

Contato: (43) 3374-7800

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.