Jovem morre com suspeita de dengue após passar por 4 unidades de saúde

por Laís Taine - Grupo Folha
   

Uma jovem de 24 anos morreu por suspeita de dengue nesta terça-feira (10), no HU (Hospital Universitário), para onde foi levada depois de passar por diversas unidades de saúde em Londrina.

iStock

Nathalia Soares Moreto teria dado entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim do Sol (oeste) na tarde de sexta-feira (6). No decorrer dos dias, ela passou por mais três unidades de saúde, em duas foi medicada e liberada até sofrer forte queda de pressão no último atendimento e ser encaminhada ao hospital, segundo informações da família.

A jovem já teve chikungunya em 2016. A família comenta que o atestado de óbito apresenta uma série de ocorrências e que tem a dengue como conclusão. "Fala o que houve com ela, aponta hemorragia, mas o final do laudo apresenta dengue D. Então ela morreu disso”, afirma o pai de Nathalia, Marcos Antônio Moreto. Ele relata que já suspeitavam da doença, por conta da epidemia na cidade.

A prefeitura está apurando as informações sobre o caso e confirma que ela teria sido atendida nas UPA em duas ocasiões na semana passada. As informações oficiais também apontam que a mulher teria sido atendida no Hospital Zona Norte e na UBS do Maria Cecília, unidade responsável por chamar o Samu para encaminhá-la ao HU.

Como o caso precisa ser analisado, o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, avisa que vai comentar a situação em coletiva à imprensa na quinta-feira (12).

LEIA MAIS: Pai da jovem detalha "calvário” percorrido por Nathalia nas unidades de saúde de Londrina

Conteúdo relacionado: